30 de julho de 2021

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

Toque de recolher está suspenso na capital

.

Davi Valle

Clique para ampliar

Com a retomada das atividades dos segmentos econômicos da capital, o toque de recolher está suspenso. As novas medidas de  prevenção a propagação ao Coronavírus serão definidas em conjunto com os setores envolvidos na próxima semana. “Em respeito à saúde e a vida da população, espero já na próxima segunda-feira (27) publicar um novo decreto com as normas de biossegurança e os horários de funcionamento”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro na manhã deste sábado (25).
O prefeito reforçou o pedido de  colaboração e compreensão dos setores envolvidos para respeitar as últimas medidas estabelecidas por força de decisão judicial e decreto impositivo estadual. “Não se trata de  um liberou geral. Cuiabá tem leis, normas e gestão. Procurem respeitar as últimas definições que foram estabelecidas antes da medida judicial que suspendeu as atividades”, ressaltou. A reabertura do comércio atende a decisão do juiz José Luiz Leite Lindote, da Vara da Saúde Pública de Mato Grosso. O magistrado determinou em decisão liminar que o Executivo Municipal acompanhe o  decreto 522/2020, do Governo do Estado, que classifica o risco de contaminação por cidade e derrubou todas as medidas que restringiam o funcionamento de atividades não essenciais.
“Estamos cada vez mais sendo rigorosos nas medidas de biossegurança que devem ser adotadas por esses estabelecimentos. Por exemplo, a exigência da utilização de máscara por todas as pessoas, desinfecção total do ambiente, aferição da temperatura, entre outras. São regras que valerão até quando verificarmos a necessidade e que podem ser modificadas a qualquer momento, dependendo do monitoramento da Covid-19 na Capital”, pontua Pinheiro.
 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post Toque de recolher está suspenso na capital apareceu primeiro em O Atual.