19 de janeiro de 2021

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

Paulo Ricardo deve pagar R$ 390 mil após perder ação trabalhista

Após Paulo Ricardo perder um processo, a Justiça ordenou a penhora de R$ 390 mil em direitos autorais. A ação teve início em 2010, quando o tecladista João Eugenio Marques entrou com processo trabalhista contra a empresa do cantor, a PRMusic. O músico queria ter o seu trabalho reconhecido como CLT, com direito a todos os direitos e benefícios previstos por lei.

Reprodução/Instagram
Paulo Ricardo deve pagar R$ 390 mil à ex-tecladista

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o juiz Renato Sabino Filho, da 6ª Vara do Trabalho, reconheceu o vínculo de trabalho do tecladista com a empresa. Ficou determinado que a RPMusic deveria pagar R$ 50 mil ao músico, que trabalhou com Paulo Ricardo de 2006 a 2010, quando o artista seguia carreira solo.

Leia também
Boca Rosa se pronuncia sobre processo movido pela Globo: “Grande surpresa”
Wesley Safadão pode ter que pagar R$ 40 milhões para o tio devido a um processo
Justiça não consegue notificar Antônia Fontenelle em processo dos Irmãos Neto

A empresa do vocalista do RPM recorreu à decisão. Em segunda instância, a decisão foi mantida no ano de 2016. O cantor tentou um acordo com o tecladista, mas não houve um consenso e, com os juros e correções, o valor subiu para R$ 390 mil. Como não foram encontrados ativos em nome da empresa para pagar a dívida, a Justiça determinou que Paulo Ricardo respondesse ao processo, por isso a penhora dos direitos autorais. 

Fonte: IG GENTE

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post Paulo Ricardo deve pagar R$ 390 mil após perder ação trabalhista apareceu primeiro em O Atual.