21 de abril de 2021

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

Falta de agulha para aplicar vacina da Covid-19 pode ser problema no Brasil

Getty Images/BBC
A Universidade de Oxford possui uma das mais promissoras vacinas contra covid-19, mas não é a única

Além da corrida pela vacina contra o novo coronavírus (Sars-coV-2), um eventual empecilho pode esbarrar na campanha de imunização da Covid-19 no Brasil: a falta de seringas para a aplicação do produto quando, e se, ele for aprovado. 

Leia também
Médica que tomou vacina contra Covid-19 conta como foi: quero muito que dê certo
Mundo tem 166 candidatas a vacina da Covid-19 em desenvolvimento
Empresas doam R$ 100 milhões para fábrica que produzirá vacina contra Covid-19

“A demanda pelo insumo vai crescer exponencialmente no mundo todo”, diz Paulo Henrique Fraccaro, superintendente da Abimo, a associação brasileira de produtores de itens hospitalares. “E o governo vai ter que continuar com as campanhas normais contra o sarampo, a dengue etc.”
Fraccaro afirma que a capacidade anual máxima de produção de seringas pela indústria brasileira é de 1,5 bilhão por ano. “O tempo de produção para 50 milhões de seringas aqui é de cinco meses”, seguiu o superintendente.
“Mas só para vacinar contra a Covid-19, o Brasil vai precisar no mínimo de 300 milhões de seringas num prazo de três ou quatro meses”, declarou ele, que acrescentou. “Não pode deixar para a última hora”.
Na semana passada, a União Europeia alertou seus países-membros para o risco de falta de seringas em uma possível vacinação em massa contra a Covid-19 .​

Fonte: IG SAÚDE

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post Falta de agulha para aplicar vacina da Covid-19 pode ser problema no Brasil apareceu primeiro em O Atual.