6 de dezembro de 2021

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

AL debate com comandante-geral do Corpo de Bombeiros concurso e reaparelhamento da corporação

.

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Estado de Mato Grosso, coronel Alessandro Borges Ferreira, participou da reunião remota da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa realizada na manhã desta terça-feira (11) respondendo aos questionamentos dos membros do grupo.
Na oportunidade, o militar explicou aos parlamentares como estão sendo realizados os trabalhos de atendimento no período de pandemia e as principais dificuldades enfrentadas pela corporação. Ao final de sua participação, convidou os membros da comissão para acompanhar a comitiva do Corpo de Bombeiros durante uma vistoria dos trabalhos no combate à queimada no Pantanal na próxima sexta-feira (14.8) com um sobrevoo na região.
Para o presidente da comissão, deputado Delegado Claudinei, a participação do comandante-geral do Corpo de Bombeiros é importante para mostrar à população sobre o planejamento que o Bombeiros realiza durante esse período do ano e ainda as dificuldades para atender os 141 municípios mato-grossenses.
“Sabemos que a corporação é uma das mais importantes do estado e que enfrenta dificuldades por falta de uma estrutura melhor para atender os 141 municípios devido a distância territorial. É um trabalho árduo no dia a dia e que conta com efetivo limitado para atender as ocorrências em todo estado”, disse o deputado.
O comandante iniciou falando sobre os atendimentos que a corporação realiza a queimadas e o planejamento elaborado a cada cinco anos.
“Trata-se de um planejamento estratégico para cada comandante desenvolver o trabalho em sua determinada região. Hoje a corporação possui um efetivo de 1.365 praças e oficiais para atender os 141 municípios do estado”, explicou o coronel.
Ele falou ainda que o combate à pandemia está sendo tratado de acordo com as normas do Ministério da Saúde, e que a corporação registrou 30 casos que foram devidamente tratados e nenhum óbito.
“Diminuímos as folgas da corporação para poder atender a população em geral. Trabalhamos com informações e prevenção contra a covid-19. As horas de descanso diminuíram e serão reconhecidas e aplicadas após essa pandemia. Atualmente, o ritmo está muito intenso e o tempo curto para atender todas as ocorrências”, destacou o comandante-geral.
Na ocasião, Alessandro Ferreira reforçou que a corporação necessita de concurso público para aumentar o efetivo e, com isso, poder atender todos os municípios do estado.
“Seria uma das alternativas para suprir nossas necessidades, além do projeto do bombeiro temporário que pretendemos implantar em Mato Grosso”, falou ele.
Depois da participação do comandante-geral do Corpo de Bombeiros, os deputados apreciaram e votaram as seguintes matérias:
-Projeto de lei nº 287/20, de autoria do deputado Elizeu Nascimento, que institui o programa kit prevenção de distribuição de álcool em gel, material de higiene pessoal e itens de proteção, como máscaras e luvas para famílias carentes como política pública diante à pandemia de coronavirus e dá outras providências. Parecer Favorável.
-Projeto de lei nº 547, do deputado Wilson Santos, que dispõe sobre a proibição de mobilização por estrangulamento pelas forças policiais e de segurança no âmbito do Estado de Mato Grosso e dá outras providências. Retirado de pauta pelo deputado Elizeu Nascimento.
-Projeto de lei nº 605/20, do deputado Delegado Claudinei, que dispõe sobre o serviço permanente de denúncias através de número de whatsapp crimes de violência contra a mulheres, crianças, adolescentes, idosos e pessoas com deficiência. Parecer favorável.
-Projeto de lei nº 711/19, do deputado Wilson Santos, que determina a comunicação por parte dos condomínios residenciais, conjuntos habitacionais e congêneres sobre casos de agressões domésticas contra mulheres, na forma específica no âmbito do estado de Mato Grosso. Parecer favorável.
-Memorando 635/20 da Prefeitura Municipal de Cáceres que solicita ao apoio à permanência da Cadeia Pública Feminina de Cáceres, que é a única na região oeste de Mato Grosso e da área de fronteira.
 

Fonte: ALMT

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post AL debate com comandante-geral do Corpo de Bombeiros concurso e reaparelhamento da corporação apareceu primeiro em O Atual.