3 de dezembro de 2021

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

Incêndio ocorrido no Pantanal de MT é o maior dos últimos 14 anos

.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Com o objetivo de acompanhar, in loco os trabalhos dos profissionais que estão compondo a “Operações Pantanal II” integrada das Forças Armadas no combate a incêndios no Pantanal de Mato Grosso, o deputado Elizeu Nascimento (DC), conheceu a base de operação de combate a incêndio e também participou de um sobrevoo nas áreas incendiadas no Pantanal, na sexta-feira (14).
“As queimadas são uma ameaça para quem circula pelas rodovias, pois a fumaça acaba prejudicando a visibilidade dos motoristas e isso pode ocasionar em graves acidentes, provoca doenças das vias respiratórias em pessoas que moram nas cidades próximas, causa dor e morte em milhares de espécies da nossa biodiversidade e, infelizmente, de acordo com dados divulgados pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), Mato Grosso está em primeiro lugar no ranking de focos de incêndio no país. Diante desse cenário, é nítido que medidas mais duras contra os criminosos causadores de incêndios precisam ser aplicadas”, disse Nascimento. O parlamentar afirmou que irá apresentar proposições que visem a elaboração de medidas e ações, que aumentaem o rigor das penalidades contra pessoas que cometem transgressões às leis ambientais e para o aprimoramento da legislação ambiental em solo pantaneiro.
A Operações Pantanal II é fruto de uma ação conjunta entre o governo de Mato Grosso, Marinha do Brasil, Forças Armadas, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), governo de Mato Grosso do Sul e Sesc Pantanal.
A visita ao centro de operações integrada aconteceu na companhia do coronel Alessandro, comandante do Corpo de Bombeiros do Estado de Mato Grosso, do deputado delegado Claudinei e também do capitão de Mar e Guerra (FN), Alexandre Doria, Chefe do Estado Maior do 6° Distrito Naval, com base em Ladário (MS).
De acordo com o balanço das ações da Operação Pantanal ll, até o momento, 1.816.060 de litros de água já foram utilizados no combate aos focos de incêndios.
“Durante nossa visita, pude constatar o esforço e dedicação de todos esses profissionais, no combate aos incêndios ocorridos no Pantanal, que já está sendo considerado o maior, registrado, dos últimos 14 anos”, contou o parlamentar.
A base da operação, que reúne 124 pessoas, está instalada no Parque Sesc Baía das Pedras, unidade do Polo Socioambiental Sesc Pantanal, em Poconé. Os incêndios já devastaram mais de 60 mil hectares de vegetação do bioma mato-grossense. Segundo informações, Mato Grosso teve, até o dia 10 de agosto, 11.770 focos de queimadas, o que representa um aumento de 9% em relação ao mesmo período do ano passado e de 43% em relação a média dos últimos dez anos.
O parlamentar que destinou R$ 540 mil de suas emendas parlamentares livres, para o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso em 2020, parabenizou a equipe pelo trabalho. “Parabenizo a todos os civis e militares que estão desempenhado esse brilhante trabalho em defesa do meio ambiente. Podem sempre contar comigo nesta causa nobre de preservação da vida e da nossa fauna e flora”, disse Nascimento.

Fonte: ALMT

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post Incêndio ocorrido no Pantanal de MT é o maior dos últimos 14 anos apareceu primeiro em O Atual.