18 de abril de 2021

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

ALMT promove “carreata da esperança: unidas pela vida”

.

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso, via Câmara Setorial Temática (CST) de Combate à Violência contra a Mulher, promove a “Carreata da Esperança: Unidas pela Vida”. A iniciativa, segundo a presidente da CST, professora Jacy Proença, visa celebrar o “Agosto Lilás”, mês de aniversário da Lei Maria da Penha, normativa criada para defender os direitos da mulher em situação de violência e que, no último dia 7, completou 14 anos de existência. “Além dessa conscientização, o evento também marca o encerramento dos trabalhos da CST”, destacou.
A ação acontece no próximo dia 31, com saída marcada às 16 horas do Fórum Cível de Cuiabá. A chegada será no estacionamento do Teatro Zulmira Canavarros, anexo à sede do Legislativo estadual, onde acontece um culto ecumênico.
A presidente ressaltou a importância de chamar a atenção da população sobre a prevenção e o enfrentamento à violência contra a mulher. E destacou a necessidade de se orientar as vítimas a procurar ajuda e a entender seus direitos em um contexto de agressão doméstica e familiar, especialmente em tempos de isolamento social. 
Conta ainda com o apoio da Assembleia Social, Comissão do Direito da Mulher, Secretaria Estadual da Mulher, Secretaria de Mobilidade Urbana, Patrulha Maria da Penha, da Polícia Militar e 1° Comando Regional. O evento marca uma parceria do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Comissão de Defesa da igualdade Racial da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso.
Estatísticas –  Durante o isolamento social, o número de boletins de ocorrência por violência doméstica registrados diariamente, no Brasil, aumentou cinco vezes. O país saltou de 3.580 denúncias diárias em março para 18.586 em junho, segundo dados do Ministério dos Direitos Humanos.
CST de Combate à Violência contra a Mulher: instalada em 30 de maio de 2019, ela tem como objetivo discutir e propor legislação e políticas públicas que efetivam direitos às mulheres e combate à violência doméstica e familiar em Mato Grosso.
Além da presidente professora Jacy Proença, integram a CST a desembargadora Maria Erotides Kneip; a relatora defensora pública Rosana Leite de Barros; e os membros Lindinalva Rodrigues, Josyrleth Magalhães Criveletto, Amini Haddad Campos, Glaucia Anne Kelly Rodrigues Amaral, Clarissa Lopes, Mayana Vitória de Souza Alves, Vera Bertolini, Eliana Vitalino, Eliane Rodrigues de Lima, Telma Reis, Eunice Ramos, Luciana Rosa Gomes, Willian Cesar de Moraes e Tânia Mara Arantes Figueira.

Fonte: ALMT

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post ALMT promove “carreata da esperança: unidas pela vida” apareceu primeiro em O Atual.