11 de maio de 2021

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

Cabeleireiro pede desculpa após fala racista viralizar: “Culpa e vergonha”

Reprodução/Instagram
Wilson Eliodorio se desculpou em vídeo

O cabeleireiro Wilson Eliodorio, que é especialista em cabelos crespos e cuida das madeixas de várias famosas como Taís Araújo, Cacau Protásio e Gaby Amarantos, se desculpou por  uma fala sua que viralizou recentemente.

Leia também
Mulher perde bebê após ser expulsa de carro para não manchar banco
Menina com síndrome de Down estrela campanha de marca de roupas infantis

Ao analisar o cabelo da modelo Mariana Vassequi durante um evento em São Paulo, Eliodorio disse: “Esse é filhote do patrão. Patrão comeu aqui e gerou isso aqui”. A frase, no entanto, chocou quem estava presente no salão de beleza.

Ver essa foto no Instagram

Olá, Pretas maravilhosas (o) tava com meu insta desativado, mas hoje pela manhã recebi a mensagem da @thamara.jpg e ela me mandou um vídeo da amiga dela @marianavassequi sofrendo racismo que me tirou do sério e vim correndo postar ele!!! Aqui em sp teve um casting com duas modelos negras, mas umas delas sofreu rascimo e machismo por um “profissional” eu por ser uma MuLher Negra não conseguir acreditar no que eu estava vendo… E eu como influenciadora eu estou sempre falando de autoestima, racismo e aceitação… Nao aceito uma coisa dessa!! Eu sou negra, branco, pardo, Eu sou emo, sou sou hippie, sou funkeiro, Eu não sou nada, Eu sou tudo! Sou excluído ou incluído? Sou amado ou odiado? Sou visível ou invisível? Somos todos diferentes, devíamos ser iguais na diferença? Quem sou eu nesse mundo? Eu sou a Diversidade! • • ✨SOBRE O CABELO CRESPO✨ Cabelo duro? Não. Meu cabelo é cacheado, livre, solto, macio, afro, encaracolado. Duro é ter que conviver, e ainda ter que ouvir pessoas de pensamentos e valores tão ridículos e ultrapassados.
Uma publicação compartilhada por ??????? ??? ? (@kemilly_fox) em 25 de Ago, 2020 às 12:07 PDT

“Eu erro. E o fato de ser negro não me isenta do erro. Porque, assim como você, eu nasci neste país racista. Sim, sofreu racismo, preconceito e não aprendeu que não se repete isso com o irmão. Mesmo negro, bicha preta, repetiu todas as merd*s que ouviu pela vida”, disse Eliodorio em vídeo publicado nesta quarta-feira (26), pedindo desculpas. Na gravação, ele também disse que tem muito orgulho por inspirar mulheres a assumirem seu cabelo natural. “Tenho muita culpa e muita vergonha de ter dito o que disse, principalmente pela dor que causei” diz o profissional.

Ver essa foto no Instagram

para além das óbvias desculpas meu compromisso de mudança de atitude e revisão de valores. o momento é de escuta e transformação
Uma publicação compartilhada por Wilson Eliodorio (@w.eliodorio) em 26 de Ago, 2020 às 5:17 PDT

Fonte: IG Mulher

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post Cabeleireiro pede desculpa após fala racista viralizar: “Culpa e vergonha” apareceu primeiro em O Atual.