16 de outubro de 2021

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

Energisa abre concorrência para projetos que vão beneficiar órgãos públicos e municípios

.

A Energisa abriu concorrência para selecionar empresas aptas a implementar projetos de eficiência energética em sete municípios do Médio-Norte e órgãos públicos, fruto de parceria com Governo de Mato Grosso, por meio do MT Participações e Projetos (MT Par), firmada em março deste ano.
O convênio entre o Estado e a concessionária de energia elétrica prevê investimentos na ordem de R$ 6,6 milhões em ações voltadas para a otimização dos custos com energia elétrica.
O projeto possibilitará a troca das lâmpadas da iluminação pública por modelos mais econômicos nas cidades de Nova Marilândia, Arenápolis, Nortelândia, Santo Afonso, Denise, Nova Olímpia e Alto Paraguai.
Nos órgãos estaduais contemplados – Secretaria de Trabalho e Assistência (Setasc), Casa Civil, Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), e entorno do CPA. Os projetos deverão contemplar ações que contemples a troca de aparelhos de ar-condicionado, lâmpadas, com possiblidade também de geração de energia por fontes incentivadas (como solar). A economia pode chegar a 40% ao final do mês, segundo dados da Energisa.
O MT Par atuou diretamente na definição do escopo, estruturação e análise de pré-viabilidade, análise econômico-financeira, além do desenvolvimento de solução jurídica para viabilizar o convênio com a concessionária.
Conforme o presidente do MT Par, Wener Santos, a parceria nasceu após notar a dificuldade dos prefeitos em quitar as contas de energia dos municípios. “Esse tipo de projeto está entre as atribuições do MT Par, prevendo ações que auxiliem o Estado e municípios, reduzindo o custo da máquina pública”, disse.
Podem participar da concorrência as empresas que já possuem cadastro com a Energisa e estão qualificadas pela área de contratação. A seleção segue até às 17h (horário de Brasília), do dia 05 de outubro.
O programa de Eficiência Energética da Energisa Mato Grosso é regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A ideia é incentivar o surgimento de novas tecnologias, assim como repensar práticas e costumes com foco no uso racional da energia elétrica.

Fonte: GOV MT

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post Energisa abre concorrência para projetos que vão beneficiar órgãos públicos e municípios apareceu primeiro em O Atual.