20 de setembro de 2020

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

Bazar da Assembleia Social já começa na segunda-feira (21)

.

Produtos da venda on-line serão separados por comprador e os da venda presencial estarão por categorias, em araras afastadas
Foto: Karen Malagoli

A etapa on-line do Bazar da Assembleia Social já começará na próxima segunda-feira (21), às 9h, e seguirá até o dia 2 de outubro, às 18h. São mais de 300 peças, de roupas e calçados (feminino, masculino e infantil), a serem vendidas pelo perfil do Instagram do braço social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (www.instagram.com/assembleiasocial). Toda a renda arrecadada será destinada às Obras Sociais Manoel Philomeno de Miranda.
Ao entrar na rede social, o interessado pode visualizar todas as peças nos ‘destaques’ do perfil, divididas por categorias (vestidos, sapatos femininos, masculino, infantil, etc.). Na publicação, já haverá tamanho, se é nova ou seminova e preço. Todas estão em perfeito estado e o preço varia entre R$ 2 e R$ 50.
Basta responder ao story com o interesse e combinar pagamento e retirada. É importante registrar que o atendimento será das 9h às 18h e a venda prioriza a ordem de pedido. As formas de pagamento são transferência bancária e cartões de débito e crédito e a retirada dos produtos pode ser agendada com a equipe da AL Social, bem como em sistema de drive-thru (sem precisar descer do carro), no estacionamento do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, no dia 7 de outubro, das 16h às 20h, quando será realizada a etapa presencial, com outras mais de 2000 peças.
“Estamos nos reinventando para promover nosso bazar, que já era conhecido pela qualidade das peças, o baixo preço e a consciência social e ambiental, com o reúso e com o repasse solidário. Mas precisamos pensar soluções para este momento em que passamos. Por isso, criamos a versão on-line e a presencial a céu aberto. Não será possível divulgar todas as peças pelo Instagram e vimos no estacionamento do Zulmira uma opção”, conta o processo a diretora da AL Social e do Teatro Zulmira, Daniella Paula Oliveira.
A segunda etapa do bazar, a presencial (7 de outubro, das 16h às 20h), terá controle de entrada e protocolos de segurança. “Já ultrapassamos as duas mil peças em condições de venda, todas estão sendo lavadas, esterilizadas com álcool 70% e passadas a ferro. No dia do evento, profissionais de saúde aqui da AL estarão disponíveis para medir a temperatura e cada participante receberá luvas descartáveis para o manuseio. Ainda teremos totens com álcool em gel e organizaremos as araras com distanciamento seguro. O estacionamento de nosso teatro é bem amplo e é ao ar livre”, explica Dani Paula, convidando: “Venham todos, estamos tomando os cuidados necessários e quanto maior as vendas, maior será a ajuda às Obras Sociais, que desenvolvem um trabalho tão bonito!”.
A entidade filantrópica contemplada
As Obras Sociais Manoel Philomeno de Miranda atendem no bairro Ribeirão do Lipa, em Cuiabá, e regularmente desenvolvem atividades complementares no contraturno escolar (no período da tarde, para alunos que estudam de manhã e vice-versa), em parceria com o Comitê Pró-Infância, para crianças e adolescentes, como karatê, aulas de flauta e violão e de educação física, de segunda a sexta-feira. Os participantes recebem também toda a estrutura necessária, como kimono, material escolar, instrumento musical e alimentação.
Aos sábados, geralmente há evangelização espírita às crianças e adolescentes e aulas de artesanato para as mães, que saem de lá com alimentos perecíveis e não perecíveis, repassados pelo Centro de Distribuição, e sopa.
Em função da pandemia, as atividades presenciais (aulas durante a semana e programação de sábado) foram suspensas e, agora, há apenas a entrega dos alimentos na manhã de sábado, sem aglomeração.
Com o valor arrecadado com o bazar, a entidade filantrópica pretende melhorar a estrutura física da instituição. “Nós temos turmas divididas por idade e precisamos de mais salas. Faremos o que for possível, como erguer uma varanda ou comprar material de construção”, contou o vice-presidente das Obras Sociais, Rafael Martine.
SERVIÇOBazar da Assembleia Social Instituição beneficiada: Obras Sociais Manoel Philomeno de Miranda Roupas, calçados, brinquedos e acessórios, adulto e infantil, novos e seminovos Preço: de R$ 2 a R$ 50
Etapa on-line – vendas: de 21/09 a 02/10, das 9h às 18h, pelo instagram.com/assembleiasocial Retirada agendada ou por drive-thru, no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros
Etapa presencial – 07/10, das 16h às 20h, no estacionamento a céu aberto do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros

Fonte: ALMT

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post Bazar da Assembleia Social já começa na segunda-feira (21) apareceu primeiro em O Atual.