19 de janeiro de 2022

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

Desfralde, desmame, chupeta e mais: melhor não fazer tudo de uma vez

Seu filho já está na idade para deixar de usar fralda e você quer pegar o embalo e tirar também a chupeta. Ah, e já que vai dispensar o bico, por que não tirar a mamadeira também? Bem, pra gente parece simples, né? Mas para a cabecinha da criança é mudança demais ao mesmo tempo. E isso pode gerar até insegurança, sabia? Então, vai com calma ai, uma coisa de cada vez, combinado?

Leia também
Antes de colocar no banquinho para pensar, lembre-se: castigo não ensina nada
Dicas práticas e brincadeiras para melhorar o aprendizado da criança em casa

Meu filho mais velho já tinha 2 anos de idade quando resolvi fazer o desfralde. Mas numa consulta à odontopediatra, descobrimos que a chupeta já estava começando a alterar sua arcada dentária. “Tem que tirar”, ela disse. Na mesma hora resolvi suspender o desfralde. Vamos lá, primeiro a chupeta.  No final das contas, a fraldinha acabou esperando um pouco mais, porque a gente se mudou e casa nova também é novidade na cabeça da criança.
Psicólogos explicam que as mudanças não podem mesmo ser bruscas. Se ao tirar a mamadeira, a criança sentir falta e pedir, não proíba, mas tente tirar aos poucos. Você pode combinar que a mamadeira permanece à noite, mas o leitinho da manhã será no copo com um canudinho. Quer convencer melhor? Compre um colo legal, do personagem preferido do seu filho. Se não for lúdico, fica chato, e a transição é mais difícil.

Arquivo pessoal
Adeus, fralda! Felipe, de 2 anos, comemorando o desfralde

Hoje estou no processo de tirar fralda do segundo filho. E estamos comemorando a vontade dele em fazer isso. Já passa o dia de cuequinha e até amanhece com a fralda enxuta. Opa, vai dar certo! Mas como estamos em um momento de pandemia, com a Covid-19 e consequente isolamento social , preferi esperar um tempo para que ele se adaptasse ao fato de estar em casa o tempo todo.
É preciso lembrar que essas mudanças representam uma ruptura para seu filho. É quando ele deixa de ser um bebezinho para se tornar uma criança “propriamente dita”. Então, se você tira de vez tudo o que a faz um bebê, isso pode deixa-la insegura e causar um sofrimento desnecessário.
Outra coisa, lembre-se que cada criança tem o seu tempo. Se o bebê da sua amiga já dorme sem fraldas não quer dizer que o seu esteja preparado para isso, ainda que tenham a mesma idade. Agora vá lá e planeje a retirada da chupeta, a mudança de casa, a chegada do irmãozinho… mas não poupe o carinho e o denguinho. Não é porque você quer que seu filho cresça que vai tratar seu bebê como uma adolescente. Tudo isso é importante sim para seu crescimento e amadurecimento. Mas uma coisa de cada vez, ok?

Fonte: IG Mulher

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post Desfralde, desmame, chupeta e mais: melhor não fazer tudo de uma vez apareceu primeiro em O Atual.