31 de outubro de 2020

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

Secretaria de Assistência Social promove iniciativas que ajudam de perto os que mais precisam

07/10/2020    3
A  prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, visitou a Secretaria de Assistência Social, com o objetivo de acompanhar o trabalho executado em cada programa social desenvolvido pela pasta e saudar a equipe, que viu sua demanda aumentar nos últimos meses, com a pandemia do novo coronavírus. 
Segundo dados apresentados à prefeita atualmente 60 grupos formados por 1.500 mulheres participam do programa Mulheres Empreendedoras, 625 adolescentes de 25 bairros se capacitam  no projeto Caderno II, 100 adolescentes – mas a proposta é de 200, participam do Laços Maternos, 164 gestantes participam do Criança Feliz, 100 crianças no Pão e Leite, 3.891 famílias e 9.264 beneficiários (sendo 650 crianças e 450 idosos) estão sendo atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, além de 40 crianças e adolescentes na Casa Lar, 53 idosos no Lar dos Idosos e mais de 18 mil famílias beneficiárias pelo Bolsa Família no município.
“O trabalho de quem está na linha de frente no combate à pandemia, como as equipes dos Centros de Referência de Assistência Social – Cras – e Centros de Referência Especializado de Assistência Spocial –Creas-, e tantos outros profissionais, precisam serem  valorizados. Venho até aqui para me colocar à disposição, para que vocês saibam que não estão sozinhas nesse momento”, disse a Prefeita que também quis saber detalhes de cada programa social executado pela secretaria. 
A visita foi acompanhada pela secretária da pasta Flávia Omar que explicou que os serviços essenciais desenvolvidos pela pasta não foram paralisados durante a pandemia e somente os projetos que agora estão sendo restabelecidos, ocorrem com toda prevenção necessária, seguindo as recomendações do Comitê de Enfrentamento ao novo coranavírus – Covid-19 e de higiene necessárias.
“As ações da Assistência Social trabalham em dois níveis de proteção: A Proteção Social Básica e a Proteção Social Especial a primeira previne os riscos sociais e a segunda organiza a oferta serviços, programas e projetos de caráter especializado a estas famílias. Mas as duas ocorrem pela oferta de programas, projetos, serviços e benefícios a indivíduos e famílias em situação de vulnerabilidade social. Na verdade os serviços e benefícios sociais essenciais não pararam durante a pandemia somente os projetos é que agora retomam suas atividades gradualmente”.
A prefeita também conversou com as secretárias dos cinco Conselhos Municipais, as coordenadoras dos projetos sociais, funcionários do departamento financeiro, entre outros. Os servidores explicaram como é a rotina de trabalho e repassaram dados sobre os serviços oferecidos.
“Ficamos muito feliz com a visita da nossa prefeita. É sempre bom receber visitas em nossa casa, em especial da gestora Lucimar Campos que tem um carinho especial com cada área que administra. Pudemos evidenciar a ela o trabalho executado por toda a Assistência Social que atende cidadãos com a finalidade de garantir a proteção social à família, à infância, à adolescência, à velhice, ou seja, em toda fase da existência humana. E nos últimos meses tivemos que garantir apoio a famílias em situação de vulnerabilidade devido à pandemia”, explicou a secretária. 
Para Lucimar Campos todos os servidores estão de parabéns pelo trabalho desenvolvido, “é uma satisfação enorme ver os servidores trabalhando com afinco e dedicação e o serviço chegando a quem precisa. Fomos informados aqui que mais de 5 mil famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica receberam atendimento da Pasta e 2.500 pessoas utilizaram o serviço do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua – POP, para alimentação, higienização, oficinas, encaminhamentos, visitas, entre outros. Estão todos de parabéns pelo trabalho desenvolvido em prol de uma sociedade melhor”.
PÃO E LEITE – Durante a visita à Secretaria de Assistência Social, a prefeita Lucimar Sacre de Campos, conheceu mães voluntárias do projeto Pão e Leite. As voluntárias estavam preparando lembranças que serão entregues às crianças das famílias beneficiadas pelo projeto na próxima semana. 
“Em comemoração ao Dia da Criança, nós entregaremos na próxima semana junto com o pão e o leite, estes kits de doces como forma de mostrar o amor dessas mães para com seus filhos. Nós realizaremos a entrega em 53 bairros da cidade e atenderemos 5 mil beneficiados. São crianças de 0 a 17 anos e idosos inscritos no programa. Cada um recebe 3 pães e o leite é distribuído por família levando em consideração o números de crianças e idosos”, detalhou a secretária Flávia Omar.
“É muito gratificante ver que as próprias mães beneficiadas pelo projeto estão ajudando a montar essa lembrança para distribuir às crianças. Também quero destacar aqui que neste período de isolamento social, nós ampliamos os trabalhos assistenciais. Além da entrega regular do pão e do leite, as famílias cadastradas também puderam receber cestas básicas, produtos de higiene pessoal e cobertores”, declarou a prefeita que também quis ouvir dos voluntários o significado das ações de interesse social e comunitário que estão desenvolvendo.
Luan da Silva, de 15 anos, morador do bairro Santa Maria I, foi o primeiro a falar e explicou que se voluntariou para ver seus 4 irmãos alegres pelo Dia da Criança. “Nosso bairro é bastante carente tenho certeza que todas as crianças ficarão contentes, principalmente meus irmãos e é uma ação tão simples montar esta lembrança para o tamanho da felicidade que irá proporcionar”, disse.
Para, Laís dos Reis moradora do Sete de Maio e mãe de duas crianças, o importante é ajudar o próximo. “Eu fiquei deficiente após ter sido atacada no ano de 2013. Desde então valorizo bastante a ajuda do próximo. Eu recebi ajuda voluntária então sei como é importante”, declarou.
Leidysvania Barros, moradora do Santa Maria e mãe de três filhos, conta que essa é a primeira vez que se voluntaria. “Eu já participei do programa Laços Maternos, quando do nascimento do meu ultimo filho e gostei bastante. Hoje participo do ‘Pão e Leite’ e digo que se trata de uma ação muito importante pois alguns dias nós pais não temos como dar aos filhos nem o pão e o leite e o programa ajuda bastante. Essa lembrança também virá em boa hora para várias famílias”, disse.
As amigas moradoras do bairro São Benedito, Rose Dias, Débora Júlia de Almeida e Joana Santana, afirmaram que se conheceram no programa amigas Empreendedoras e desde então buscam ajudar outras mulheres do bairro. “é gostoso trabalhar ajudando outras mulheres iguais a nós. Além de nos ajudarmos trazemos outras que precisam para os programas”, detalhou Débora. 
 
Por: Rafaela Maximiano – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande MT

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post Secretaria de Assistência Social promove iniciativas que ajudam de perto os que mais precisam apareceu primeiro em O Atual.