4 de agosto de 2021

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

Várzea Grande supera 100 mil vacinados com a primeira dose e começa nesta terça-feira a vacinar pessoas de 30 a 34 anos

Várzea Grande abre essa semana com três boas notícias no combate a pandemia da COVID-19. A primeira é de que  um total de 130.552 doses de vacinas aplicadas até neste último fim de semana, 103.368 foram de primeira dose e 27.184 de segunda dose; a segunda, que a partir desta terça-feira, 20 de julho, começam a ser vacinadas no Corujão da Vacinação na UNIVAG, as pessoas de 30 a 35 anos, e a terceira é que será aberto o pré-cadastro para pessoas de 25 a 29 anos, condicionando a vacinação deste grupo de faixa etária à chegada de novas doses enviadas pelo Ministério da Saúde, dentro do Plano Nacional de Imunização – PNI.
“Como temos quatro pontos de vacinação com realidades diferentes, estamos adotando cronogramas de planejamento também diferentes. Por exemplo, na UNIVAG via drive-thru, nós faremos nesta terça-feira, 20 de julho, o Corujão da Vacinação, para as pessoas de 30 a 34 anos, e isto nos permitirá abrir o pré-cadastro para pessoas de 25 a 29 anos. Já para o público-alvo do Fiotão, o planejamento será outro, ou seja, ainda vai demorar mais alguns dias para iniciarmos a vacinação daqueles já confirmados em seu cadastro de 30 a 34 anos”, disse o titular da Secretaria de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo de Barros.
Em reunião com o prefeito Kalil Baracat, o secretário apresentou o novo planejamento para a campanha de vacinação contra a COVID-19 e ressaltou que a dinâmica da pandemia exige aperfeiçoamentos e a manutenção da operacionalidade da campanha, conforme o público-alvo e suas nuances. “Temos pessoas que vacinaram a primeira dose através de agendamento, por telefone, e eles têm certa dificuldade em acessar o site oficial do município (www.varzeagrande.mt.gov.br, na aba IMUNIZAÇÃO) para checar o agendamento, data e horário, então voltamos a promover, nestes casos, a confirmação por telefone ou celular”, explicou Gonçalo de Barros.
O prefeito ficou satisfeito ao verificar os dados epidemiológicos do município, que vem alcançando um alto índice de cura, com 94,79% do total geral dos infectados no município, ou seja, dos 32.080 casos confirmados, desde o início da pandemia, 30.408, foram recuperados. Os dados são do dia 18 de julho.
“Um ótimo índice de cura, que se deve aos esforços dos servidores da saúde no enfrentamento à pandemia e o empenho da gestão em não deixar faltar nada no tratamento aos pacientes acometidos pela doença, tanto na distribuição dos medicamentos necessários, bem como o acesso aos exames-testes de COVID-19, exames de imagens, leitos hospitalares, unidades de retaguarda, e a campanha de vacinação, que vem sendo realizada de forma transparente, célere e organizada. Agradeço também aos parceiros, como a da Câmara de Vereadores, através dos vereadores, a Assembleia Legislativa, através dos deputados estaduais, principalmente o deputado Eduardo Botelho, e o Centro Universitário UNIVAG, que vem possibilitando a Várzea Grande desenvolver a campanha de forma organizada, e respeitando as pessoas, as exigências e normas sanitárias”, disse Kalil Baracat.
Esse elevado índice de cura, segundo o secretário de Saúde, Gonçalo de Barros, se deve às ações desenvolvidas pela Saúde Municipal, com total apoio do prefeito kalil Baracat.
“Tivemos que adotar várias medidas para melhorar o atendimento à população acometida pela COVID-19. A exemplo, fizemos readequações de unidades de saúde para ampliação do atendimento à população, durante a segunda onda da Pandemia, além da aquisição de medicamentos, testes rápidos para detecção de SARS-COV-2. Implantamos quatro Centros de Atendimento para enfrentamento da pandemia na Atenção Primária à Saúde. Foi implantada uma estrutura anexa a UPA IPASE, com recepção ao paciente, farmácia, sala de coleta de material para teste rápido, RT-PCR e antígeno para casos suspeitos da doença e atendimento aos casos sintomáticos e respiratórios. No Hospital e Pronto Socorro foi montada ala para atendimento, com leitos de UTIs e semi-intensivo. Para aumentar a capacidade de atendimento do Hospital Pronto Socorro, por leitos e UTIs, foi retirado o serviço da Rede Cegonha, e para tanto foi montada uma extensão do serviço, em um local próprio, longe de contaminação, na nova Maternidade Francisco Lustosa de Figueiredo, entre outros investimentos”, explicou o secretário.
Gonçalo alerta que nesta semana haverá Força-Tarefa para vacinar as pessoas cadastradas e então poder vacinar os novos cadastrados da nova faixa etária de 25 a 29 anos, além de continuar vacinando nas edições do Corujão da Vacinação e Corujinha da Vacinação, idosos acima de 60 anos, gestantes, puérperas, setor da indústria e dos grupos prioritários contemplados.  
“Quero deixar bem claro que vamos avançando, conforme a chegada de doses de vacina para o município. Sempre estamos condicionados ao quantitativo de doses disponíveis. Nesta semana, a meta é vacinar o máximo de pessoas já cadastradas para, então, iniciarmos outras faixas etárias. Nossa Campanha é organizada e realizada com muito planejamento. O nosso compromisso é a vacina no braço de cada cidadão várzea-grandense ou que escolheu aqui para viver”, disse ele.
Nesta terça-feira (20), a vacinação será realizada em dois pontos: Ginásio Poliesportivo Fiotão, das 8 às 16 hs, e nas Clínicas Médicas do UNIVAG, com a edição do Corujão da Vacinação, das 16 às 22hs. Serão vacinadas as pessoas agendadas e confirmadas. Idosos acima de 60 anos poderão ir a um destes locais de vacinação de forma espontânea.

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande MT

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post Várzea Grande supera 100 mil vacinados com a primeira dose e começa nesta terça-feira a vacinar pessoas de 30 a 34 anos apareceu primeiro em O Atual.