16 de outubro de 2021

ConexãoMT

As notícias se encontram aqui!

Com blitz educativa e campanha de arrecadação de alimentos, Prefeitura e Associação se unem para salvar animais da seca no pantanal

Arquivo pessoal

Clique para ampliar

Os animais do pantanal estão sofrendo com o período de seca e você pode ajudar. Neste sábado (18) e domingo (19), das 8h às 12h, no Posto da Polícia Rodoviária Federal, na rodovia Emanuel Pinheiro, MT-251, que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, a Associação É o Bicho MT realiza blitz de conscientização e arrecadação de alimentos para animais silvestres da região de Poconé que por conta da seca, estão desidratados e desnutridos. De acordo com a Associação, os gastos em frutas para alimentação desses animais chegam a R$ 12 mil por semana e por isso necessitam de doações de banana, maçã, melão, melancia e mamão. A ação recebe o apoio da Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Sustentável, que estará também no local distribuindo mudas em alusão ao Dia da Árvore, comemorado dia 21 de setembro.
“O período de seca tem castigado nossa vegetação e também os animais do cerrado e pantanal. Ano passado sofremos com as queimadas e este ano, para minimizar os efeitos e prevenir que elas aconteçam e se alastrem, a gestão tem investido na conscientização, na equipagem da Defesa Civil, na parceria com o Corpo de Bombeiros e agora, em prol dos nosso animais, na parceria com a Associação É o Bicho MT, que faz um trabalho formidável no amparo aos animais silvestres, tudo devidamente autorizado pelos órgãos competentes”, disse o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro.
No posto de bitz, os motoristas receberão informações de conscientização contra queimadas urbanas, com panfletos e ainda um lixo para carros, um incentivo para que não joguem lixo ou bitucas de cigarro ao longo da rodovia.
De acordo com a presidente da Associação É o Bicho MT, Jenifer Larrea os gastos para manter o atendimento emergencial aos animais silvestres do pantanal são altos e a organização chega a gastar R$12 mil reais por semana apenas com a compra de frutas. Além disso, a Associação precisa de doações para a manutenção dos voluntários em campo, como cestas básicas, água mineral, combustível para deslocamento.
“Os animais estão sofrendo muito com a seca, muitos deles são encontrados desnutridos e desidratados, estamos perdendo muitos deles, porque o jacaré por exemplo, ele tem uma mobilidade menor, ele não consegue se deslocar longas distâncias para procurar alimento ou água, ele tem um perímetro determinado. As frutas que pedimos doação são aquelas ricas em água, porque ao mesmo tempo em que mata a fome já supre a sede”, disse Larrea.
A presidente da Associação recorda que alimentar animais silvestres é crime ambiental e que é preciso licença do IBAMA para executar a ação de auxílio a estes animais.  Larrea reitera também que as frutas como banana, melancia, melão, maçã e mamão devem ser doadas em ótimo estado de conservação para garantir que não estraguem no deslocamento até o pantanal e/ou que piorem o estado de saúde dos animais por estarem muito maduras.
Além do posto de coleta durante a blitz, as doações podem ser encaminhadas também na segunda a sexta, das 10h às 18h, para a rua Feliciano Galvão, 50, no bairro do Porto, em Cuiabá. Doações em dinheiro também podem ser realizadas via pix CNPJ: 42442070000140. Mais informações pelo instagram @eobichomt, pelo site eobichomt.org e pelo telefone (65) 99964-8889.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

#infocoweb_cabecalho {
display: inline-block;
margin-top: -75px;
position: absolute;
right: 0;
}

#infocoweb_corpo div {
margin-bottom: 10px;
text-align: justify;
}O post Com blitz educativa e campanha de arrecadação de alimentos, Prefeitura e Associação se unem para salvar animais da seca no pantanal apareceu primeiro em O Atual.