Esportes

Em baixa, Santos estreia técnico contra o Fluminense-PI na Copa do Brasil

Publicado em

Em baixa, Santos estreia técnico contra o Fluminense-PI na Copa do Brasil

Em meio à luta contra o rebaixamento no Campeonato Paulista, o Santos precisará desviar sua atenção para focar em mais um desafio na Copa do Brasil. O time praiano terá pela frente o Fluminense-PI nesta terça-feira, às 21h30, no estádio Albertão, em Teresina, pela segunda fase. Será a estreia do técnico Fabián Bustos.


O argentino comandaria o Santos pela primeira vez no sábado, mas a partida contra a Ferroviária, pelo Paulistão, não foi realizada porque faltou luz na Arena Fonte Luminosa. Bustos, portanto, fará sua estreia direto num confronto de mata-mata, pela competição nacional.

Com o novo treinador na beira do campo, o desafio do Santos é não deixar a má fase do clube no Paulistão comprometer o time também na Copa do Brasil. Na estreia, derrotou o Salgueiro, no Cornélio de Barros, por 3 a 0. A competição nacional é uma das prioridades da equipe, muito por causa da premiação estipulada pela CBF. Caso conquiste a vaga, o clube vai embolsar R$ 1,9 milhão, o que aliviará a crise financeira e diminuirá a pressão para a sequência da temporada.

No entanto, o adversário não será dos mais fáceis. O Fluminense ainda não perdeu na temporada e está na liderança do Campeonato Piauiense. Na Copa do Brasil, derrotou o Oeste por 2 a 0. O time de Teresina também sonha com a cota para seguir no planejamento de aparecer bem no cenário nacional.

Leia Também:  Coluna - Brasil encara Mundial de goalball com estreantes no comando

Devido ao sorteio realizado pela entidade, o Fluminense ganhou o direito de jogar em casa. Diferente da etapa inicial, em caso de empate, a classificação será decidida nos pênaltis.

Fabián Bustos levou o elenco para Atibaia para respirar novos ares e focar apenas no confronto com o Fluminense. O treinador pôde finalizar a preparação com força máxima, exceção dos atletas que já estavam entregues ao departamento médico, e com a equipe menos desgastada, já que o duelo contra a Ferroviária acabou adiado.

Os atletas que não estão sendo relacionados por estarem lesionados são: o goleiro John, o lateral Felipe Jonatan, o volante Madson e o meia Carlos Sánchez. Todos não têm previsão de retorno aos gramados. A principal aposta é no meia Ricardo Goulart e nos jogadores da base, como Ângelo e Marcos Leonardo.

“Minha ansiedade segue igual, a vontade de estrear é a mesma. Pudemos trabalhar mais por conta desse adiamento, hoje trabalhamos muito bem o que queremos e, cada vez conhecendo mais os jogadores, vamos deixando o grupo mais firme, mais forte. A ansiedade sempre vai estar presente para as partidas e para terça não será diferente”, declarou Bustos.

Leia Também:  Brasil define classificação no primeiro tempo e goleia Coreia do Sul

Já o Fluminense do Piauí vem sendo dirigido por Marcelo Vilar, treinador que chegou a comandar o Palmeiras em 2006, além de outros grandes clubes, como Fortaleza e Ceará. Recentemente, ele foi campeão da Copa Paulista com o São Caetano, mas apareceu com destaques no Treze-PB, Botafogo-PB e Ferroviário-CE.

No elenco, o treinador conta com nomes importantes, a exemplo do meia Pio, que se destacou ao marcar um belo gol de falta nos tempos de Red Bull Bragantino. Ele está recuperado de um estiramento na coxa e deve ser titular nesta terça-feira, assim como Janeudo, recuperado de dores no tornozelo.

“Estamos confiantes na classificação. Queremos ser mais uma ‘zebra’ a passar por um time da elite do futebol brasileiro. Vamos seguir impondo nosso ritmo e buscando sempre surpreender. Queremos seguir fazendo história na Copa do Brasil”, comentou o zagueiro Ramon.

A segunda rodada da Copa do Brasil ainda terá nesta terça-feira, o embate entre Figueirense e Cuiabá, também às 21h30, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Esportes

Tite repete escalação das oitavas para jogo do Brasil contra Croácia

Published

on

A seleção brasileira enfrenta a Croácia pelas quartas de final da Copa do Catar ao meio-dia desta sexta-feira (9) com a mesma escalação do time que goleou a Coreia do Sul (4 a 1) na última segunda (5). Tite levará a campo Danilo na lateral-esquerda e Éder Militão na direita. 

O Brasil nunca perdeu para a Croácia. O último encontro foi disputado em 2018, uma partida amistosa que chegou ao final com vitória canarinho de 2 a 0. Em Mundiais, a seleção levou a melhor na Copa da Alemanha (2006) por 1 a 0, e na edição do Brasil (2014) por 3 a 1. 

Escalações: 

Brasil: Alisson; Éder Militão, Thiago Silva, Marquinhos, Danilo, Casemiro, Lucas Paquetá, Neymar, Vinicius Jr., Raphinha, Richarlison

Croácia: Dominik Livakovic, Borna Sosa, Ivan Perisic, Dejan Lovren, Mateo Kovacic, Andrej Kramaric, Luka Modric, Marcelo Brozovic, Mario Pasalic, Josko Gvardiol, Josip Juranovic

Leia Também:  Brasil define classificação no primeiro tempo e goleia Coreia do Sul

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA