GERAL

Vídeo mostra várias explosões em edifícios residenciais em Kharkiv

Publicado em

Vídeo mostra várias explosões em edifícios residenciais em Kharkiv

O combate em Kharkiv continua, mesmo no meio de negociações entre Ucrânia e Rússia, com os invasores a bombardearem vários edifícios residenciais na segunda maior cidade ucraniana.

Segundo uma jornalista ucraniana da agência Efe, as forças russas atacaram alvos civis, apesar da insistência de Moscou de que estariam apenas a combater militares.

Um conselheiro do ministério do Interior da Ucrânia confirma o ataque e diz que “morreram dezenas de pessoas e centenas de feridos” no bombardeio.

Kharkiv tem sido palco de uma batalha intensa pelo controle da cidade, mas os ucranianos conseguiram até agora segurar as suas linhas defensivas.

O vídeo surge numa altura em que a Ucrânia e Rússia estão  negociando um possível cessar-fogo na fronteira com a Bielorrússia.

Desde o início da guerra, já morreram mais de 350 civis ucranianos e há quase meio milhão de refugiados nos países que fazem fronteira com a Ucrânia, como a Polónia, a Roménia e a Moldávia. A Rússia não confirma baixas entre as suas tropas.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Chega, diz Biden após atirador de 15 anos matar 5 pessoas nos EUA
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

GERAL

Especialistas da AIEA avaliaram danos em Zaporozhie e não encontraram nenhuma ameaça à segurança

Published

on

By

Especialistas da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) examinaram os danos causados ​​​​à usina nuclear de Zaporozhie por bombardeios intensos e concluíram que não havia ameaças imediatas à segurança nuclear. A declaração foi dada pelo diretor-geral da AIEA, Rafael Grossi, nesta segunda-feira (21).

“Uma equipe de especialistas da Agência Internacional de Energia Atômica avaliou hoje [21] a extensão dos danos causados ​​por bombardeios intensos no fim de semana na Usina Nuclear Zaporozhie, na Ucrânia. Eles puderam confirmar que, apesar da gravidade do bombardeio, o equipamento principal permaneceu intacto e não há risco imediato à segurança nuclear ou preocupações com a segurança”, disse Grossi.

Unidade da usina nuclear de Zaporozhie em Energodar, foto publicada em 23 de agosto de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 09.09.2022

De acordo com o chefe da AIEA, um total de quatro especialistas em segurança nuclear, proteção e salvaguardas realizaram uma extensa visita à usina nuclear. Posteriormente, eles divulgaram um comunicado com as conclusões, afirmando que a condição dos reatores após o bombardeio era estável.

“O estado das seis unidades do reator é estável e a integridade do combustível irradiado, do combustível novo e dos resíduos radioativos de baixo, médio e alto níveis em suas respectivas instalações de armazenamento foi confirmada”, disse o comunicado da equipe.

Leia Também:  Suspeito de matar mãe e filha no Japão vai se apresentar à polícia, dizem advogados

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA