Notícias

Deputado Claudinei comemora reabertura da Unidade Avançada do Incra de Rondonópolis

Publicado em

A sede do Incra do município atende 5.800 famílias de 11 municípios das regiões sul e sudeste de Mato Grosso
Foto: Assessoria
Após nove meses na busca por uma solução para a reativação da unidade avançada do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) de Rondonópolis, as lideranças de assentados de 11 municípios das regiões sul e sudeste de Mato Grosso participam de encontro, nesta quinta-feira (20), às 14h, para celebrar a reabertura da antiga sede da unidade. Essa conquista também contou com a atuação do deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) e outros representantes da classe política.
“Uma importante e gratificante notícia que recebemos! A unidade do Incra de Rondonópolis será reaberta! Agora, as 5.800 famílias com imóveis rurais de 11 municípios poderão contar com os serviços e assistência por meio da unidade. Acompanhamos de perto essa situação e a união de forças com as lideranças de assentados e a classe política mato-grossense garantiu esse resultado tão esperado!”, comemora o parlamentar.
Contrato
De acordo com o ex-chefe do Incra do município, Nelsivon Silva Gomes, que preside o Comitê para a reativação da entidade, é esperado no encontro a renovação do contrato de locação do imóvel por parte da Prefeitura de Rondonópolis. “Tudo caminha para dar certo. Esse é o compromisso que a gente tinha, em manter o antigo prédio. Quando tivemos o encontro, em setembro de 2021, o próprio representante da prefeitura assumiu o compromisso, em que falaria com o prefeito para garantir o prédio no local de interesse e, assim, foi feito”, comentou.
Ele lembra que, neste mesmo acontecimento, Claudinei fez uma chamada telefônica ao superintendente Regional do Incra, Marcos Cunha, e que garantiu a disponibilização de profissionais. “Esse contato só trouxe avanços para a reativação da unidade. Agora, já temos servidores prontos para trabalhar. Temos três e outros que serão encaminhados pelo Incra Regional. Está previsto mais um engenheiro efetivo, mas vamos precisar contratar um administrativo para atender o público”, informou Nelsivon.
Gomes frisa que essa concretização com a reabertura do Incra de Rondonópolis, envolveram a participação ativa das lideranças de assentados e a classe política que foi o ponto decisivo para que tudo desse certo. “Os políticos fizeram uma ponte extraordinária. Eles foram importantes para trazer os servidores para cá e ajudar o superintendente a garantir a unidade para cá. Quando fomos convidados para esse desafio, em junho do ano passado, foi criado um Comitê e fui direcionado para presidir como representante do Incra. Abrimos todo um debate com todos os políticos. A união foi essencial para a reabertura do Incra”, declarou.
Entidade – A sede do Incra de Rondonópolis foi desativada em abril de 2021, sendo que ficou sem funcionar desde março de 2020, após os processos terem sido encaminhados para a sede de Cuiabá. Em agosto de 2021, foi feita a assinatura do prefeito José Carlos do Pátio (SD) ao Programa Titula Brasil que permite que os municípios aumentem a capacidade operacional dos procedimentos de titulação e regularização fundiária das áreas rurais do Incra.
A unidade abrange 5.800 famílias de 11 municípios mato-grossenses e será mantida na Rua João Pessoa, n.° 164, no bairro Vila Aurora I, em Rondonópolis.
Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Portal MT e receba notícias em tempo real
O post Deputado Claudinei comemora reabertura da Unidade Avançada do Incra de Rondonópolis apareceu primeiro em Portal MT.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

Notícias

18ª Reunião Ordinária MTPREV contou com a participação do Conselheiro Eziel Santos

Published

on

A 18ª Reunião Ordinária do Conselho de Previdência do Estado de Mato Grosso aconteceu (07) no Palácio Paiaguás e tratou de temas como: política de investimentos, Conselho Fiscal e Taxa de Administração do sistema previdenciário estadual.

O Conselho de Previdência referendou os nomes dos integrantes do Conselho Fiscal, aprovou, por unanimidade, da Política de Investimentos dos ativos financeiros do MTPrev, apresentada como “conservadora”.

As aplicações são feitas em Títulos do Tesouro Nacional e Fundos de Renda Fixa, que garantem uma certa rentabilidade com exposição mínima a riscos, e também por seguir as regras do Banco Central e operar apenas com instituições financeiras credenciadas, assim como os investimentos já previstos pela administração do Instituto de Previdência.

Foi aprovada também uma Taxa de Administração do sistema previdenciário estadual de 0,63% sobre a arrecadação total do MTPrev, a ser destinada à gestão e ao custeio dos serviços prestados pela autarquia.

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA