POLÍCIA

Polícia Civil conclui inquérito e indicia homem por estupro de vulnerável e armazenamento de material pornográfico

Publicado em

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 26 anos foi indiciado pela Polícia Civil em Sorriso pelos crimes de estupro de vulnerável contra uma criança de nove anos e armazenamento de material pornográfico envolvendo criança ou adolescente.

Na semana passada, a equipe do Núcleo de Investigações de Violência Doméstica e Crimes Sexuais da Delegacia de Sorriso realizou diligências para cumprir um mandado de prisão temporária contra o suspeito. A prisão foi decretada após o Ministério Público do município receber denúncia sobre o abuso sexual contra a criança, de nove anos.

Os policiais civis realizaram monitoramento, quando localizaram o suspeito na frente da casa da vítima, na sexta-feira (18). Depois de cumprir a prisão, a equipe policial seguiu até a residência dele, no bairro Jardim América, para cumprimento de mandado de busca e apreensão. Na casa foram apreendidos quatro celulares e um pen drive. Em um dos aparelhos do suspeito foram encontradas imagens armazenadas que mostram cenas de sexo envolvendo a vítima.

Leia Também:  PF investiga ameaça de invasão de aldeias indígenas no Pará

Com base no material encontrado, o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de armazenar conteúdo pornográfico envolvendo criança e adolescente, conforme previsto no Artigo 241-B, do Estatuto da Criança e do Adolescente.

A Polícia Civil representou pela conversão do flagrante em prisão preventiva, que foi deferida pelo juízo da 2a Vara Criminal de Sorriso.

Conforme a investigação, o suspeito se aproximou da família da vítima, provavelmente com a intenção de praticar o abuso contra a criança.

O inquérito foi concluído pelo delegado Márcio Henrique Portela, que indiciou o investigado pelos crimes de estupro de vulnerável e armazenamento de material pornográfico envolvendo menor de idade. Ele está custodiado no Centro e Ressocialização de Sorriso.

 

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

POLÍCIA

Dois policiais civis de MT se formam na 2ª edição do Curso de Segurança e Proteção de Autoridades

Published

on

Dois policiais civis de Mato Grosso participaram da 2ª edição do Curso de Segurança e Proteção de Autoridades, promovido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Diretoria da Força Nacional de Segurança Pública. 

A  formatura foi realizada na segunda-feira (05.12), no Batalhão Escola de Pronto Emprego (BEPE), em Brasília, e contou com a presença do delegado-geral de Mato Grosso, Mário Dermeval. 

Ao todo, 26 alunos concluíram a capacitação, realizada de 08 de novembro a 02 de dezembro. De Mato Grosso participaram a delegada de Pontes e Lacerda, Lícia Juliane Paiva, e o investigador da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), Valmir Castrillon.

O curso tem como objetivo o preparo técnico no desenvolvimento das atividades de segurança e proteção de autoridades, visando preservar a integridade do dignatário. Na qualificação, os alunos adquiriram conhecimentos necessários para desenvolver de forma eficaz as atividades de segurança e proteção de autoridades, buscando evitar falhas e desgaste, tanto para a autoridade quanto para a instituição que exerce o trabalho de segurança.

Leia Também:  Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão expedidos pelo STF

Os servidores receberam instruções e treinamentos sobre as medidas a serem observadas e executadas, com o intuito de preservar  a integridade física, psíquica e moral da autoridade que ocupa cargo ou função de destaque, razão pela qual é exposta a riscos elevados. 

As disciplinas foram fundamentos legais e princípios do so serviço de segurança e proteção de autoridades; planejamento estratégico; direção veicular defensiva evasiva e ofensiva; técnicas e táticas de segurança; técnicas de varredura e noções de explosivos; tiro aplicado à segurança de autoridades; defesa pessoal aplicada à atividade; técnicas de combate a incêndio e segurança em operações aéreas; entre outros temas voltados para inteligência; atendimento pré-hospitalar; técnicas de salvamento aquático e natação utilitária. 
 
A 2ª edição do Curso de Segurança e Proteção de Autoridades finalizou o ciclo de capacitações de 2022, realizado pela Força Nacional de Segurança Pública.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA