POLÍCIA

Polícia Civil deflagrada cinco dias de operação visando o combate à criminalidade

Publicado em

Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil intensificou os trabalhos investigativos, nesta semana, no município de Tangará da Serra (239 km a médio norte de Cuiabá), visando o combate à criminalidade

Durante cinco dias de ações policiais, de 21 a 25 de fevereiro, foram abordados e conduzidos até a 1ª Delegacia de Polícia 19 pessoas, sendo 5 deles autuados em flagrante por tráfico de drogas, 2 presos pelo crime de receptação e um autuado por porte de arma de fogo de uso restrito.

A primeira prisão ocorreu na segunda-feira (21), ocasião em que um homem foi detido por receptação de aparelhos celulares. Na terça-feira (22), outro indivíduo foi preso pelos crimes de tráfico de drogas e receptação, bem como foram apreendidos diversos materiais utilizados em construção civil avaliados em aproximadamente R$ 6 mil.

Já na quarta-feira (23), outros dois homens foram presos por tráfico de drogas, além de apreendidos entorpecentes e uma motocicleta utilizada para o tráfico. Na quinta-feira (24), uma mulher foi detida pelos policiais civis com o valor de R$ 15,7 mil provenientes da venda ilícita de drogas e um revólver calibre 38 com 26 munições.

Leia Também:  Em ‘superlive’, Lula reforça discurso de combate ao ódio e apela pelo voto útil

O delegado que coordenou as ações, Adil Pinheiro de Paula, explicou que na sexta-feira (25) foi realizado monitoramento que se estendeu de forma ininterrupta por 12 horas, ocasião em que foram utilizados instrumentos de tecnologia militar com óculos de visão noturna e sensor de calor, que possibilitaram aos policiais durante a noite e toda madrugada monitorar e acompanhar os traficantes.

Em um endereço alvo de mandado de busca e apreensão domiciliar, os policiais civis localizaram drogas e mais de R$ 500 oriundo do tráfico. 

“A Polícia Civil não para e age com inteligência e força para retirar de circulação todos os tipos de criminosos. A população também pode colaborar denunciando pelo Disque 197”, destacou o delegado de polícia.

 

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

POLÍCIA

Dois policiais civis de MT se formam na 2ª edição do Curso de Segurança e Proteção de Autoridades

Published

on

Dois policiais civis de Mato Grosso participaram da 2ª edição do Curso de Segurança e Proteção de Autoridades, promovido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Diretoria da Força Nacional de Segurança Pública. 

A  formatura foi realizada na segunda-feira (05.12), no Batalhão Escola de Pronto Emprego (BEPE), em Brasília, e contou com a presença do delegado-geral de Mato Grosso, Mário Dermeval. 

Ao todo, 26 alunos concluíram a capacitação, realizada de 08 de novembro a 02 de dezembro. De Mato Grosso participaram a delegada de Pontes e Lacerda, Lícia Juliane Paiva, e o investigador da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), Valmir Castrillon.

O curso tem como objetivo o preparo técnico no desenvolvimento das atividades de segurança e proteção de autoridades, visando preservar a integridade do dignatário. Na qualificação, os alunos adquiriram conhecimentos necessários para desenvolver de forma eficaz as atividades de segurança e proteção de autoridades, buscando evitar falhas e desgaste, tanto para a autoridade quanto para a instituição que exerce o trabalho de segurança.

Leia Também:  PF e BPFRON apreendem embarcação com 250kg de fertilizantes em Foz do Iguaçu/PR.

Os servidores receberam instruções e treinamentos sobre as medidas a serem observadas e executadas, com o intuito de preservar  a integridade física, psíquica e moral da autoridade que ocupa cargo ou função de destaque, razão pela qual é exposta a riscos elevados. 

As disciplinas foram fundamentos legais e princípios do so serviço de segurança e proteção de autoridades; planejamento estratégico; direção veicular defensiva evasiva e ofensiva; técnicas e táticas de segurança; técnicas de varredura e noções de explosivos; tiro aplicado à segurança de autoridades; defesa pessoal aplicada à atividade; técnicas de combate a incêndio e segurança em operações aéreas; entre outros temas voltados para inteligência; atendimento pré-hospitalar; técnicas de salvamento aquático e natação utilitária. 
 
A 2ª edição do Curso de Segurança e Proteção de Autoridades finalizou o ciclo de capacitações de 2022, realizado pela Força Nacional de Segurança Pública.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA