POLÍCIA

Polícia Federal apresenta projeto para criação de Força-Tarefa inédita no país contra crimes cibernéticos

Publicado em

WhatsApp Image 2022-02-25 at 21.18.07.jpeg

Brasília/DF – Mais um passo para reforçar o combate aos ataques hackers foi dado nessa quinta-feira (24/2). A Polícia Federal realizou, em São Paulo, uma reunião com a participação de grandes empresas e instituições financeiras para apresentar um projeto de cooperação no enfrentamento às ameaças cibernéticas.

A iniciativa da PF, inédita no país, visa unir esforços contra este tipo de crime e buscar aliados no setor privado. O evento contou a participação de, pelo menos, 20 instituições. Entre elas, Banco do Brasil, Caixa Econômica, Santander, Federação Brasileira de Bancos (Febraban), XP, Mercado Livre, Zetta e ainda associações financeiras, de crédito e do varejo.

O objetivo do encontro foi apresentar um projeto de cooperação para combater ameaças cibernéticas e, para isto, deverá ser criada uma Força-Tarefa do setor público e do privado para tornar o espaço cibernético mais seguro. A intenção é gerar uma maior proteção dos dados pessoais e financeiros dos cidadãos.

O crescimento de ataques virtuais – como, por exemplo, as extorsões digitais conhecidas como ransomware – sofridos por instituições públicas e empresas reforçam a necessidade de uma atuação conjunta e preventiva.

Leia Também:  Integrantes de organização criminosa são presos pela PM com R$ 5 mil e porções de drogas

Para isso, a Polícia Federal já instituiu a Unidade Especial para Investigação a Crimes Cibernéticos e pretende apresentar para a sociedade uma forma de atuação unificada, objetivando preservar a integridade das informações e processos digitais das instituições e empresas privadas. A iniciativa busca a troca de informações para tornar as investigações policiais cada vez mais efetivas e eficazes contra a chamada cibercriminalidade.

A expectativa é que este compartilhamento de informações gere um constante aperfeiçoamento das defesas digitais por parte das instituições e das empresas. A Força-Tarefa ainda visa desarticular organizações criminosas que cometem crimes cibernéticos, preservar a soberania nacional de ataques contra instituições públicas brasileiras e, um dos efeitos esperados, é o fortalecimento da segurança nacional para atrair investimentos externos.

No encontro, foram apresentados os dispositivos legais que viabilizarão essa parceria.

 
Coordenação-Geral de Comunicação Social
Telefone: (61) 2024.8142
E-mail: [email protected]

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

POLÍCIA

Servidores recém-empossados propõem projeto “Programa de Ambientações e Comandos”

Published

on

Na manhã de sexta-feira (09), servidores lotados na Superintendência da PRF em Mato Grosso realizaram uma reunião para apresentar a proposta do Programa de Ambientações e Comandos.

O projeto, que tem previsão de ser iniciado em 2023, conta com uma equipe que atua em diversos setores da sede regional e tem por objetivo prover, manter e atualizar os conhecimentos de policiais dedicados às atividades administrativas.

A iniciativa busca desenvolver atividades com auxílio de servidores que estão atuando há mais tempo e que possuem expertise em diversos tipos de fiscalizações.

O projeto teve grande aceitação por parte dos servidores e contou com a contribuição de servidores mais experientes que se dispuseram a auxiliar na viabilização da iniciativa.

Nos próximos dias, a equipe elaboradora do projeto planeja apresentar a proposta ao Superintendente Francisco Élcio e ao Colegiado da PRF. Uma vez aceito, a iniciativa será inserida como Plano Setorial de Operações e Inteligência na atualização do Plano Tático Regional do triênio de 2021 a 2023.

Fonte: PRF MT

Leia Também:  Mulher envolvida em acidente em Barra do Garças é presa em flagrante por embriaguez ao volante

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA