Política

Bolsonaro diz que mulheres estão ‘praticamente integradas à sociedade’

Publicado em

Bolsonaro diz que mulheres estão 'praticamente integradas à sociedade'

Em cerimônia no Planalto alusiva ao Dia Internacional da Mulher, o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que hoje em dia as mulheres estão “praticamente integradas à sociedade”. “Assim como a mulher foi feita do homem, assim também o homem nasce da mulher e tudo vem de Deus”, disse ainda o chefe do Executivo durante a solenidade.


As declarações se somam a uma série de falas de Bolsonaro consideradas machistas. Ele já afirmou, por exemplo, que sua filha Laura foi uma “fraquejada” após ser pai de quatro filhos homens. No final do ano passado, foi filmado dançando uma paródia de funk que comparava mulheres de esquerda a cadelas e oferecia a feministas “ração na tigela”.

Bolsonaro ainda repetiu uma fala da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, e afirmou que a participação das mulheres no governo é maior do que em gestões anteriores.

Ao considerar o segundo e o terceiro escalões, o número esconde o fato de que apenas três dos 23 ministérios são chefiados por mulheres. Além de Damares, são ministras Flávia Arruda (Secretaria de governo) e Tereza Cristina (Agricultura).

Leia Também:  Prefeito chama Moraes de deus e diz que voltará participar de atos contra as eleições em Brasília

Em meio à guerra na Ucrânia, o presidente também afirmou no evento que, se dependesse das mulheres, não haveria guerra no mundo.

Distribuição de absorventes

O mestre de cerimônias do Palácio do Planalto anunciou no sistema de som da cerimônia alusiva ao Dia Internacional da Mulher que Bolsonaro assinará decreto que prevê a oferta gratuita de absorventes. O texto, no entanto, ainda não foi enviado à imprensa pela Secretaria-geral da Presidência.

Em outubro de 2021, Bolsonaro vetou a distribuição gratuita de absorventes e alegou que a medida contrariava o interesse público. De acordo com o anunciado no Planalto, haverá oferta gratuita de produtos de higiene e outros produtos relativos à saúde menstrual.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

DESTAQUE

TRE/MT multa em R$ 100 mil Carlos Alberto Capeletti (PSD)

TRE entendeu que prefeito afastado demorou para cumprir a ordem judicial injustificadamente

Published

on

Carlos Alberto Capeletti (PSD), prefeito afastado de Tapurah (a 414 km de Cuiabá), foi multado em R$ 100 mil pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) (07), por não ter comprovado o encerramento do sorteio de um carro para estimular eleitores da cidade a votarem no presidente, Jair Bolsonaro (PL).

Capeletti tinha 24h para cumprir a liminar deferida na representação eleitoral manejada pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), mas somente após a segunda intimação, seis dias após a primeira decisão, se retratou do sorteio ilegal.

Na ocasião, a juíza eleitoral de Ana Cristina Silva Mendes, entendeu que o vídeo gravado pelo prefeito, bem como as demais informações que constam dos autos, apontam que, embora tardiamente, houve o cumprimento da decisão liminar, determinando a extinção do processo.

A PRE ingressou com recurso interno no TRE-MT contra a extinção e pedindo a aplicação da multa de R$ 600 mil,  por conta da da demora injustificada do recorrido em cumprir as determinações impostas.

Em sessão plenária realizada na quarta-feira (07.12), o TRE decidiu pela aplicação da multa no valor de R$ 100 mil a Carlos Alberto Capeletti, pelo não cumprimento da decisão judicial no prazo estabelecimento, e desconsiderou o pedido de R$ 600 mil pelo fato da multa não ter sido cominada por dia não cumprido.

Leia Também:  Prefeita de MT confirma que renunciará se Lula tomar posse; assista vídeo

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA