Política

Deputada comanda sessão solene em homenagem a mulheres que fazem a diferença

Publicado em

57a98885685461d40fc99b2831d01aff5e72517eb2329

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

A presidente em exercício da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputada Janaina Riva (MDB), preside na segunda-feira (07), a sessão solene em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, às 19 horas, no Teatro Zulmira Canavarros, na ALMT. A sessão é uma iniciativa do deputado Eduardo Botelho (União) em parceria com a parlamentar. Na oportunidade os deputados homenagearão personalidades que atuam em defesa da mulher com Moção de Aplauso.

Dentre as homenageadas pelos parlamentares estão as cerca de 70 integrantes da BPW Cuiabá – Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais de Cuiabá, a jornalista Marisa Batalha, pelo ativismo junto a movimentos coletivos de defesa da mulher, bem como mulheres do Judiciário, empresárias, militares, policiais civis, assistentes sociais, membras da sociedade civil organizada e diversas outras mulheres que dentro do seu setor, contribuem com a defesa dos direitos e representatividade feminina.

“Esta Moção de Aplauso é um reconhecimento aos 20 anos da BPW Cuiabá, pelos projetos desenvolvidos, voltados à mulher como, por exemplo, o ‘Chita & Fuxico’ que, foi concebido  visando a qualificação e a  geração de  renda de mulheres em situação de  vulnerabilidade social, vítimas  de violência doméstica e mães de  crianças com necessidades especiais. Temos também o ‘Doando Vida’, que em parceria com o Hemocentro, nestes 12 anos teve um crescimento de 70% de mulheres doando sangue e salvando muitas vidas. Projetos como o ‘Trabalho Igual Salário Igual’, onde buscamos a igualdade salarial para homens e mulheres. Entre outros projetos em desenvolvimento”, comemora a presidente da BPW Cuiabá, Rubia Ranzani.

Leia Também:  TRE/MT multa em R$ 100 mil Carlos Alberto Capeletti (PSD)

As comemorações seguem no dia 08, às 8:30, com café da manhã para as servidoras do Poder Legislativo. E, às 9 horas, abertura de exposição alusiva ao dia da mulher. Já a partir do dia 09, até o final deste mês, a Casa de Leis vai oferecer um ciclo de palestras, oficinas e atendimento psicológico nas comunidades, bairros e municípios da Baixada Cuiabana, numa parceria da Assembleia Social e entidades filantrópicas que trabalham no combate à violência doméstica, cursos de capacitação para a inserção da mulher vítima de violência no mercado de trabalho.

“Tenho muito orgulho e gratidão ao deputado Botelho por, na semana da mulher, estar à frente do Poder Legislativo e homenagear tantas mulheres guerreira e que contribuem tanto para a sociedade. Gênero não define capacidade. Lugar de mulher é onde ela quiser estar. Para que haja uma mudança real e legislações mais justas, é necessário entender que a mulher é essencial nesse processo, ocupando os espaços de Poder. Dificilmente um homem vai se preocupar com leis ou lutar por políticas públicas para garantir acesso à mamografia, absorventes higiênicos, atendimento multidisciplinar às mulheres vítimas de violência sexual ou de combate ao machismo, por exemplo, por que não sentem esses dilemas na pele. Essas são leis minhas que já estão em vigor”, finaliza a Janaina. 

Leia Também:  Prefeito chama Moraes de deus e diz que voltará participar de atos contra as eleições em Brasília

 

 

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

DESTAQUE

TRE/MT multa em R$ 100 mil Carlos Alberto Capeletti (PSD)

TRE entendeu que prefeito afastado demorou para cumprir a ordem judicial injustificadamente

Published

on

Carlos Alberto Capeletti (PSD), prefeito afastado de Tapurah (a 414 km de Cuiabá), foi multado em R$ 100 mil pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) (07), por não ter comprovado o encerramento do sorteio de um carro para estimular eleitores da cidade a votarem no presidente, Jair Bolsonaro (PL).

Capeletti tinha 24h para cumprir a liminar deferida na representação eleitoral manejada pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), mas somente após a segunda intimação, seis dias após a primeira decisão, se retratou do sorteio ilegal.

Na ocasião, a juíza eleitoral de Ana Cristina Silva Mendes, entendeu que o vídeo gravado pelo prefeito, bem como as demais informações que constam dos autos, apontam que, embora tardiamente, houve o cumprimento da decisão liminar, determinando a extinção do processo.

A PRE ingressou com recurso interno no TRE-MT contra a extinção e pedindo a aplicação da multa de R$ 600 mil,  por conta da da demora injustificada do recorrido em cumprir as determinações impostas.

Em sessão plenária realizada na quarta-feira (07.12), o TRE decidiu pela aplicação da multa no valor de R$ 100 mil a Carlos Alberto Capeletti, pelo não cumprimento da decisão judicial no prazo estabelecimento, e desconsiderou o pedido de R$ 600 mil pelo fato da multa não ter sido cominada por dia não cumprido.

Leia Também:  STF determina multa de R$ 20 mil por hora para participantes de atos antidemocráticos em MT

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA