Política

Deputados aprovam projeto que incentiva a doação de sangue em Mato Grosso

Publicado em

e07bfa8f6d182ec8746c915c1985c30c60ae8d2906c86

Foto: Marcos Lopes

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) aprovou na sessão desta quarta-feira (23), o Projeto de Lei nº 172/2020 que obriga as concessionárias de serviço público de água, luz, gás e operadoras de planos de saúde a inserir nas faturas de consumo mensagem de incentivo à doação de sangue.

De acordo com o autor do PL, o deputado estadual Valdir Barranco (PT) “a proposta tem o intuito de incentivar a população mato-grossense a doar sangue, aumentando assim os estoques em todo os bancos de sangue do Hemocentro”. 

O texto do projeto também menciona que as faturas de consumo deverão mencionar o local mais próximo da residência do consumidor, no qual poderá ser realizada a doação, bem como conter a seguinte frase: Doe Sangue e Ajude a Salvar Vidas.

Leia Também:  Prefeita de MT confirma que renunciará se Lula tomar posse; assista vídeo

O parlamentar também lembrou que o Hemocentro busca, constantemente, sair do vermelho quanto ao estoque de sangue. “Sabemos da dificuldade em manter o estoque suficiente para atender as demandas, principalmente em determinados períodos do ano, como no carnaval. Precisamos nos mobilizar com o intuito de sensibilizar ainda mais sobre a necessidade latente em nosso Estado, pois a doação de sangue salva muitas vidas, sejam elas vítimas de acidentes de trânsito, doenças e dentre outros problemas. O projeto é uma maneira simples de sensibilizar e incentivar a população a doar”, falou o parlamentar. “Essa é uma ação simples que pode salvar muitas vidas”, completou.

As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30, e no sábado, das 7h30 às 11h15, no Hemocentro, localizado na Rua 13 de Junho, nº 1055, em Cuiabá. O doador precisa levar documento de identificação com foto. 

O Ministério da Saúde estabelece que, para ser um doador, o voluntário precisa ter idade mínima de 18 anos e máxima de 65 anos, pesar no mínimo 50 quilos, não ter ingerido bebida alcoólica no dia anterior e não ter doenças sanguíneas. O doador passará por triagens clínicas e sanguíneas, precisa estar alimentado e a coleta dura em torno de 20 minutos.

Leia Também:  Prefeito chama Moraes de deus e diz que voltará participar de atos contra as eleições em Brasília

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

DESTAQUE

TRE/MT multa em R$ 100 mil Carlos Alberto Capeletti (PSD)

TRE entendeu que prefeito afastado demorou para cumprir a ordem judicial injustificadamente

Published

on

Carlos Alberto Capeletti (PSD), prefeito afastado de Tapurah (a 414 km de Cuiabá), foi multado em R$ 100 mil pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) (07), por não ter comprovado o encerramento do sorteio de um carro para estimular eleitores da cidade a votarem no presidente, Jair Bolsonaro (PL).

Capeletti tinha 24h para cumprir a liminar deferida na representação eleitoral manejada pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), mas somente após a segunda intimação, seis dias após a primeira decisão, se retratou do sorteio ilegal.

Na ocasião, a juíza eleitoral de Ana Cristina Silva Mendes, entendeu que o vídeo gravado pelo prefeito, bem como as demais informações que constam dos autos, apontam que, embora tardiamente, houve o cumprimento da decisão liminar, determinando a extinção do processo.

A PRE ingressou com recurso interno no TRE-MT contra a extinção e pedindo a aplicação da multa de R$ 600 mil,  por conta da da demora injustificada do recorrido em cumprir as determinações impostas.

Em sessão plenária realizada na quarta-feira (07.12), o TRE decidiu pela aplicação da multa no valor de R$ 100 mil a Carlos Alberto Capeletti, pelo não cumprimento da decisão judicial no prazo estabelecimento, e desconsiderou o pedido de R$ 600 mil pelo fato da multa não ter sido cominada por dia não cumprido.

Leia Também:  Prefeita de MT confirma que renunciará se Lula tomar posse; assista vídeo

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA