Política

Escolas municipais com resultados positivos no IDEB 2022 recebem certificados de reconhecimento e proficiência

Publicado em

b96be5ef2ee6cf339112c62d4c815f0f

Um evento realizado nesta terça-feira (4), no Auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação, unidades educacionais da rede pública municipal de Cuiabá que alcançaram ou superaram o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) 2022, ou superaram suas próprias metas, tiveram seus trabalhos reconhecidos. A solenidade contou com a presença de diretores, coordenadores pedagógicos e professores das disciplinas de Matemática e Língua Portuguesa.

A secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado, destacou o compromisso, a dedicação e a superação dos profissionais, que trabalham para garantir a aprendizagem aos 56.862 estudantes, atendidos pela rede. “Esse evento tem por objetivo reconhecer o trabalho e a dedicação dos profissionais, visando oferecer uma Educação de qualidade, carro chefe da gestão humanizada, liderada pelo prefeito Emanuel Pinheiro. Cuiabá novamente se superou. Depois de um ano e sete meses sem atividades presenciais, com menos de 30 dias de aulas presenciais, os estudantes fizeram a avaliação nacional. O resultado positivo é fruto do trabalho das equipes gestoras e dos professores. Esses profissionais, que estão na ponta, precisam ter seu trabalho reconhecido. Cuiabá é um case de sucesso, hoje somos referência na Educação”, disse a secretária Municipal de Educação.

Durante o evento, o líder da equipe da Avaliação Institucional, da Coordenadoria de Formação, Prof. Dr. Gilberto Fraga Melo, fez uma contextualização das avaliações externas. “Sabemos o quanto foi difícil, especialmente no último certame, totalmente impactado pela pandemia. A nossa determinação e compromisso pautaram as ações para a superação das dificuldades.  Isso fica bem claro quando vemos como as unidades cresceram em proficiência, seja em Língua Portuguesa e/ou Matemática. Para essas unidades as dificuldades se transformaram em desafio e a força individual e coletiva impulsionaram os profissionais para manterem a interação com os estudantes e seus responsáveis. Os professores aprenderam outras metodologias para melhor ensinar e os estudantes criaram outros ambientes de aprendizagens. Ambos superaram as dificuldades para assegurar a conexão virtual e a aprendizagem real’, disse ele.

Leia Também:  Prefeitura realiza mutirão no Pedra 90 para atualização e inserção de famílias no CadÚnico

Prova Brasil

Na rede pública municipal de Educação, das 52 escolas que participaram da avaliação, 28 tiveram seus resultados validados já que era necessária a presença de 80% dos alunos regularmente matriculados e, no momento de realização da Prova Brasil, em novembro de 2021, logo após o retorno das atividades presenciais, alguns pais/responsáveis ainda temiam por possível insegurança em função da pandemia. 

A Prova do Saeb – Sistema de Avaliação da Educação Básica, avaliou na rede pública municipal, estudantes do 5º Ano, nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática.

A Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Ana Teresa Arcos Krause alcançou o primeiro lugar, com 7 pontos, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2021 entre as escolas públicas de Cuiabá, estaduais e municipais. A pontuação está acima da meta estabelecida pelo governo federal, de 6.

A diretora da EMEB Ana Teresa Arcos Krause, Ana Isabel da Silva Arruda, disse que na unidade, o trabalho diferenciado com os estudantes, faz a diferença nos resultados alcançados nos últimos anos. “Sempre trabalhamos de forma diferenciada com nossos estudantes, desde a educação infantil. No 4º Ano, intensificamos os projetos desenvolvidos pela escola. Além disso, trabalhamos de forma intensiva, nessa etapa, as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática”, contou a diretora.

Das dez escolas com melhores avaliações na Prova Saeb – Sistema de Avaliação da Educação Básica, cujo resultado compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), oito são unidades da rede pública municipal de ensino de Cuiabá.

No ranking das escolas com melhores índices na avaliação quatro unidades da rede pública municipal ocupam as melhores posições, a partir do terceiro lugar: EMEB Antônia Tita Maciel de Campos (6,5); EMEB Prof.ª Rita Caldas Castrillon (6,1); EMEB Prof.ª Guilhermina de Figueiredo (6); e EMEB Dr. Orlando Nigro (6). Outras 12 unidades aparecem na lista das 24 com as melhores avaliações.

Leia Também:  Tráfico internacional: operação combate organização criminosa que pretendia levar 600kg de cocaína para Portugal

Também receberam certificados por terem superado suas metas a EMEB Irmã Maria Betty de Souza Pires (a unidade subiu 9% em relação ao último Ideb realizado em 2019), a EMEB Deputado Ulisses Silveira Guimarães; a EMEB Maria Elazir Correa de Figueiredo, a EMEB Firmo José Rodrigues, a EMEB Coronel Octayde Jorge da Silva, a EMEBC Novo Renascer, a EMEBC Herbert de Souza e a EMEBC Nossa Senhora da Penha de França.

A diretora da EMEB Irmã Maria Betty de Souza Pires. Flávia Fernanda Figueiredo de Magalhães, disse a unidade superou sua própria meta com o trabalho conjunto que envolveu a equipe gestora, professores e as famílias. “O trabalho que envolveu a equipe gestora, professores e as famílias foi fundamental para que pudéssemos crescer 9% no índice do Ideb. Mesmo em pandemia, com o compromisso dos pais e a dedicação das professoras, as crianças participaram das atividades, inclusive das aulas extras de atendimento de plantão”, contou a diretora.  

O diretor da EMEBC Nossa Senhora da Penha de França, localizada no Coxipó do Ouro, Edenilson Carvalho disse que vários fatores contribuíram para o resultado positivo. “O exercício de articulação da Secretaria Municipal de Educação com todas as unidades educacionais, a integração entre o trabalho local e o trabalho em rede mas, essencialmente a qualificação, as condições dadas aos profissionais em termos de estrutura física e também o suporte da equipe gestora a esses profissionais no ambiente de trabalho e a parceria com as famílias, são alguns desses fatores”, disse o diretor.

Participaram do evento a secretária adjunta de Educação, Débora Marques Vilar, o diretor de Gestão Educacional, Marco Antônio Alves Braga e a coordenadora técnica de Ensino, Elijane Gonçalves Lopes.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Política

Servidores do Lacen apresentam trabalhos científicos sobre a Covid-19 em congresso nacional

Published

on

By

SES-MT

Servidores do Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) apresentaram, nesta semana, durante a 57ª Edição do Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (MEDTROP 2022), em Belém (Pará), trabalhos científicos sobre Covid-19 e Arbovirores em Mato Grosso.

As pesquisas foram selecionadas para apresentação oral e na categoria e-poster (painel). Foram apresentados, entre os dias 13 a 16 de novembro, as seguintes pesquisas: Vigilância Genômica de Amostras Positivas de Arboviroses Coletadas no Estado de Mato Grosso; Sequenciamento de Nova Geração das Amostras de SARS-COV-2 Positivas para Identificação e das Variantes Circulantes no Estado de Mato Grosso; Inquérito Soroepidemiológico de Covid-19 em Cuiabá-MT e o trabalho Monitoramento de Variantes de SARS-COV2 Circulantes no Estado de Mato Grosso em 2021.

Os autores das pesquisas foram Elaine Cristina de Oliveira, Vagner Fonseca, Luiz Takao Watanabe,  Luana Barbosa da Silva, Ana Cláudia Pereira Terças Trettel, Amanda Cristina de Souza Andrade, Emerson Soares dos Santos, Ana Paula Muraro, Nayara Cristine Marchioro Pereira Sigueira, Alessandra Cristina Ferreira de Moraes, Juliana ILídio da Silva, Maria Clara Pereira Leite, Klaucia Rodrigues Vasconcelos, Mara Patrícia F. da Penha, Juliano Silva Melo e Raquel da Silva Ferreira.

Leia Também:  Covid: aumento dos testes positivos sinaliza nova onda, diz médico

Além de servidores do Lacen, também realizaram as pesquisas servidores da Superintendência de Vigilância em Saúde da SES, profissionais da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz). 

Durante o congresso, o Lacen ainda participou da mesa redonda sobre experiências regionais e independentes de vigilância genômica do SARS-CoV-2 no Brasil, que ocorreu dentro da programação do 2º Fórum Covid-19, realizado no encontro nacional. O tema foi apresentado pela diretora do Laboratório Estadual, Elaine Cristina de Oliveira.

O MEDTROP 2022, organizado pela Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT), é o maior evento multidisciplinar em medicina tropical da América Latina. Anualmente, mais de 3000 participantes são esperados. Durante o evento, ocorreram diversas discussões, entre elas sobre Doenças de Chagas e Leishmaniose (Chagasleish), Workshop sobre vetores de doenças tropicais (Entomol), Fórum de Doenças Negligenciadas e o IX Workshop Nacional Rede Tuberculose.

Após o MEDTROP 2022, uma técnica do Lacen segue em Belém participando do curso sobre Bioinformática para vigilância genômica de vírus, que encerra neste sábado (19.11).

Leia Também:  Vigilância Epidemiológica de Cuiabá registra mais três casos positivos de Monkeypox

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA