Política

Ministro Onyx Lorenzoni destaca ações do Governo de MT: “gestão que tem dado boas respostas”

Publicado em

Governador Mauro Mendes e ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, apresentam programa que oferta cursos de qualificação para trabalhadores desempregados

O conjunto de ações do Governo de Mato Grosso, como a redução de impostos e taxas e a adoção de medidas que garantiram o reequilíbrio fiscal do Executivo, colocou o estado entre os líderes de geração de emprego e renda no País. Na avaliação do ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, os avanços são uma resposta ao trabalho desempenhado pela atual gestão.

“O estado de Mato Grosso vem crescendo cada vez mais, avançando muito nos últimos anos – sob uma gestão que tem dado boas respostas. Essa parceria entre os governos federal e estadual tem demonstrado que funciona e quanto mais intensa ela for, mais resultados nós vamos ter”, afirma.

“O Brasil inteiro gerou um volume extraordinário de empregos no último ano e, a tendência, é que ao longo de 2022 a nossa economia continue respondendo positivamente e a gente possa ficar com algo em torno de 1,5 milhão de novos empregos gerados”, completou o ministro, nesta segunda-feira (07.03), durante o lançamento do Programa Nacional de Serviço Civil Voluntário em Cuiabá.

Leia Também:  Em "conluio" com Banco BTG, vice-Governador Otaviano Pivetta fraudou cumprimento de bloqueio de R$ 11.8 mi

A observação do ministro Onyx Lorenzoni é amparada em números. Ao longo de 2021, segundo dados do Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério da Economia, Mato Grosso obteve um aumento de 33% na geração de empregos formais no comparativo com o ano anterior.

O Governo do Estado gerou ainda inúmeras vagas de trabalho em diversos setores da infraestrutura (obras de restauração e pavimentação) com novas construções de hospitais, escolas e pontes. No acumulado do ano, as atividades de construção criaram 41.584 empregos. São mais de R$ 9 bilhões em investimentos.

Na contagem geral, Mato Grosso terminou 2021 com saldo positivo de mais de 63,7 mil novas vagas de empregos com carteiras assinadas, um aumento de 592% no comparativo com 2020, que totalizou saldo de 9.208 novos empregos.

Os números colocam o Estado sem segundo lugar no ranking da região Centro-Oeste, atrás apenas do estado de Goiás, que alcançou saldo de 107.215 novos empregos.

 

 

Leia Também:  Prefeito que incentivou atos antidemocráticos é afastado pelo STF

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

DESTAQUE

TRE/MT multa em R$ 100 mil Carlos Alberto Capeletti (PSD)

TRE entendeu que prefeito afastado demorou para cumprir a ordem judicial injustificadamente

Published

on

Carlos Alberto Capeletti (PSD), prefeito afastado de Tapurah (a 414 km de Cuiabá), foi multado em R$ 100 mil pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) (07), por não ter comprovado o encerramento do sorteio de um carro para estimular eleitores da cidade a votarem no presidente, Jair Bolsonaro (PL).

Capeletti tinha 24h para cumprir a liminar deferida na representação eleitoral manejada pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), mas somente após a segunda intimação, seis dias após a primeira decisão, se retratou do sorteio ilegal.

Na ocasião, a juíza eleitoral de Ana Cristina Silva Mendes, entendeu que o vídeo gravado pelo prefeito, bem como as demais informações que constam dos autos, apontam que, embora tardiamente, houve o cumprimento da decisão liminar, determinando a extinção do processo.

A PRE ingressou com recurso interno no TRE-MT contra a extinção e pedindo a aplicação da multa de R$ 600 mil,  por conta da da demora injustificada do recorrido em cumprir as determinações impostas.

Em sessão plenária realizada na quarta-feira (07.12), o TRE decidiu pela aplicação da multa no valor de R$ 100 mil a Carlos Alberto Capeletti, pelo não cumprimento da decisão judicial no prazo estabelecimento, e desconsiderou o pedido de R$ 600 mil pelo fato da multa não ter sido cominada por dia não cumprido.

Leia Também:  Prefeita de MT confirma que renunciará se Lula tomar posse; assista vídeo

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA