Política

Ouvidoria Geral do Município retoma atendimentos presenciais em todas as unidades

Publicado em

950330e440e95b638044ac6faec20340

A Ouvidoria Geral do Município (OGM) retomou os atendimentos presenciais em todas as unidades setoriais da administração pública. A portaria nº 02/202 foi publicada na edição da Gazeta Municipal e passa a valer a partir desta quinta-feira (3), seguindo as medidas de biossegurança em vigência.

Os atendimentos ao público foram suspensos no dia 20 de janeiro em razão da pandemia da Covid-19 e surtos gripais. Em contrapartida, os serviços remotos continuaram funcionando normalmente, sem alterações. 

O ouvidor-geral, Heitor Reyes, explica que a medida tem como base o achatamento da curva de contaminação das doenças virais na capital, possibilitando assim um retorno seguro tanto aos servidores como à população. 

“Como estávamos com alto índice de pessoas com Covid-19, principalmente nas ouvidorias da Saúde, Educação e geral. Os indices municipais de pessoas contaminadas e internadas em UTI estava bem altos também por isso suspendemos por este período somente o atendimento presencial. Temos unidades com grande fluxo de pessoas presencialmente, mas, os demais meios de atendimento ficaram funcionando normalmente”, disse. 

A pasta é considerada o principal elo entre o Executivo Municipal e os munícipes por meio do recebimento de dúvidas, elogios, reclamações, sugestões e denúncias que, em seguida, são encaminhados aos setores responsáveis para as devidas tratativas, respondendo de forma célere e efetiva as manifestações populares. 

Leia Também:  STF determina multa de R$ 20 mil por hora para participantes de atos antidemocráticos em MT

Os cidadão que não desejam sair de casa, podem entrar em contato pelos canais online, sendo estes, e-mail: [email protected];  WhatsApp: (65) 9.9263-9779; telefone: 0800 645 01 56;site da Prefeitura de Cuiabá (clique aqui) e endereço: Av. Mato Grosso, 453 – Centro Norte. 

 

Confira publicação na íntegra: 

 

PORTARIA Nº 02/2022 OGM

03 de Fevereiro de 2022.

 

 COMUNICADO

 O Ouvidor Geral do Município, conforme estabelece a Lei Complementar nº.137 em

seu capitulo II art. 20 do Município de Cuiabá,

 

CONSIDERANDO o aumento nos casos de diagnósticos confirmados da Infecção

Humana pelo novo Coronavírus (COVID-19) e a da variante da Influenza (H3n2) por

servidores;

 

CONSIDERANDO que, com objetivo de conferir efetividade aos procedimentos de

atendimento ao cidadão para garantir a participação popular e contribuir para

uma atuação coordenada e integrada entre as unidades no desenvolvimento e

fortalecimento e aprimoramento dos serviços públicos da Ouvidoria Geral e Setoriais

da Prefeitura Municipal de Cuiabá-MT.

 

DETERMINA:

 A retomada dos atendimentos presenciais que abrange todas as unidades das

Ouvidorias Setoriais e estrutura organizacional da Administração Pública do Município

Leia Também:  Prefeito chama Moraes de deus e diz que voltará participar de atos contra as eleições em Brasília

Gazeta Municipal de Cuiabá – Sexta-feira, 04 de Março de 2022 Página 08

 

GAZETA MUNICIPAL DE CUIABÁ Ano II | Nº 332

de Cuiabá, conforme a normativa da portaria de nº 01/2022 OGMC de 17 de Janeiro

de 2022.

 

 Com a nova prerrogativa, o atendimento presencial da Ouvidoria Geral será realizado

mediante a seguinte forma:

 

Controle de acesso a unidade, sendo permitida a entrada de no máximo uma pessoa

para atendimento.

 

Distância de 50 centímetros dos balcões de atendimento e observada a distância de 2

metros entre uma pessoa e outra.

 

Disponibilização de álcool em gel 70% ou produtos similares de esterilização para

utilização dos contribuintes:

 

Uso obrigatório de máscaras pelos funcionários e público em geral.

 

Está suspensa a entrada e atendimento dos munícipes sem o uso de máscaras de

proteção.

 

 A Ouvidoria Geral está localizada na Av. Mato Grosso, 453 ou pelos canais de

atendimento:

 

Telefone: 0800 645 01 56

 

 WhatsApp: (65) 9.9263-9779

 

E-mail: [email protected]

 

Site:http://transparencia.cuiaba.mt.gov.br/portaltransparencia/transparencia/#/

ouvidoria/registre-manifestacao

 

Esta portaria entra em vigor a partir desta data.

 

Cuiabá 03 de Fevereiro de 2022

Heitor Geral Reyes

Ouvidor Geral do Município

 

 

 

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

DESTAQUE

Prefeito chama Moraes de deus e diz que voltará participar de atos contra as eleições em Brasília

Prefeito foi afastado do cargo por causa de vídeos em atos considerados antidemocráticos

Published

on

O prefeito Carlos Alberto Capeletti (PSD), afastado da Prefeitura de Tapurah por 60 dias por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), avisou que retornará aos atos contra os resultados das eleições em frente ao Quartel-General em Brasília.

Em entrevista à Jovem Pan, Carlos Alberto afirma que não foi notificado formalmente e entende que a decisão é totalmente antidemocrática.

Eu fiquei perplexo com essa decisão tão rápida. Não fui ouvido, não tive acesso ao que está acontecendo, que tipo de acusação estão fazendo contra mim e já houve essa decisão do ministro. Estou vendo um extremismo total da decisão. Não só comigo, mas o que está acontecendo nesse país“, disse.

O afastamento de Carlos Alberto se deu por vídeos publicados por ele próprio e sua participação no acampamento em frente ao quartel-general do Exército, em Brasília, onde manifestantes que não aceitam a derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno das eleições fazem mobilização nas últimas semanas. Ele esteve nos atos, classificado como antidemocráticos por Moraes, em novembro.

Leia Também:  Prefeito que incentivou atos antidemocráticos é afastado pelo STF

O prefeito negou incentivar os atos antidemocráticos e convocou pessoas para ir às manifestações.

…fui à Brasília dia 11, fiquei lá uns 10,11 dias, não fui um incentivador do manifesto, mas presto solidariedade à estas pessoas, e acho que mais pessoas deveriam ir também…

Capeletti disse ainda que as pessoas não estão acreditando nas eleições, as pessoas querem alguma atitude das forças armadas, por isso que estão acampadas…

O prefeito afastado disse que não recorrerá da decisão e que vai voltará à Brasília para continuar as manifestações contra os resultados das urnas.

…juridicamente não tem o que fazer…por mais que eu possa ter advogados quem vai julgar é o imperador [se referindo ao Presidente do TSE Alexandre de Moraes] ele se instituiu o deus né?, ele se colocou acima de todos do país…

Vou voltar para Brasília e ficar lá até que se resolva alguma coisa. Eu vou continuar pacificamente e fazendo o que eu acredito. Eu acredito que algo de bom vai acontecer ao país. Não tem mais a quem recorrer; apenas às Forças Armadas, disse.

Leia Também:  Prefeita de MT confirma que renunciará se Lula tomar posse; assista vídeo

O vice-prefeito Odair Cesar Nunes (PSD) deve assumir a prefeitura nos próximos 60 dias.

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA