Política

Prefeito e secretário de Fazenda lamentam o falecimento do auditor fiscal Roosevelt Bispo

Publicado em

4a1eb45eaf537f6a169bbf3f30bf6524

O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Fazenda, Antônio Roberto Possas de Carvalho, lamentam o falecimento do servidor público,  auditor fiscal, Roosevelt Bispo, registrado neste domingo, 6.

“Muito mais que um exímio colaborador, um profissional que executava as tarefas com muita presteza, perdemos um grande amigo. Roosevelt era um exemplo de pessoa. Sempre muito responsável, cuidadoso que sempre se pautou pelo zelo com o trabalho dedicado à  Prefeitura de Cuiabá. Rogo a Deus que ampare aos seu familiares em um momento de tamanho sofrimento”, declarou o  gestor da capital, Emanuel Pinheiro. 

“Infelizmente, recebemos essa triste notícia no dia de hoje. Roosevelt era um servidor lotado na Secretaria de Fazenda que fazia a diferença. Sempre pautado em manter a transparência dos recursos públicos. Que Deus possa confortar o coração dos familiares nesse momento de profunda tristeza”, declarou o secretário municipal de Fazenda, Antônio Roberto Possas de Carvalho. 

O velório será na Capela Jardins, a partir das 17 horas de hoje (6).

Leia Também:  Prefeito chama Moraes de deus e diz que voltará participar de atos contra as eleições em Brasília

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

DESTAQUE

TRE/MT multa em R$ 100 mil Carlos Alberto Capeletti (PSD)

TRE entendeu que prefeito afastado demorou para cumprir a ordem judicial injustificadamente

Published

on

Carlos Alberto Capeletti (PSD), prefeito afastado de Tapurah (a 414 km de Cuiabá), foi multado em R$ 100 mil pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) (07), por não ter comprovado o encerramento do sorteio de um carro para estimular eleitores da cidade a votarem no presidente, Jair Bolsonaro (PL).

Capeletti tinha 24h para cumprir a liminar deferida na representação eleitoral manejada pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), mas somente após a segunda intimação, seis dias após a primeira decisão, se retratou do sorteio ilegal.

Na ocasião, a juíza eleitoral de Ana Cristina Silva Mendes, entendeu que o vídeo gravado pelo prefeito, bem como as demais informações que constam dos autos, apontam que, embora tardiamente, houve o cumprimento da decisão liminar, determinando a extinção do processo.

A PRE ingressou com recurso interno no TRE-MT contra a extinção e pedindo a aplicação da multa de R$ 600 mil,  por conta da da demora injustificada do recorrido em cumprir as determinações impostas.

Em sessão plenária realizada na quarta-feira (07.12), o TRE decidiu pela aplicação da multa no valor de R$ 100 mil a Carlos Alberto Capeletti, pelo não cumprimento da decisão judicial no prazo estabelecimento, e desconsiderou o pedido de R$ 600 mil pelo fato da multa não ter sido cominada por dia não cumprido.

Leia Também:  TRE/MT multa em R$ 100 mil Carlos Alberto Capeletti (PSD)

COMENTE ABAIXO:
Continuar lendo

GRANDE CUIABÁ

MATO GROSSO

POLÍCIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA